Secretário de Saúde e comitê analisam plano de vacinação contra novo coronavírus em Pernambuco

0
Foto: Miva Filho/SES-PE

O secretário André Longo comandou nesta quinta-feira (7), na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), a primeira reunião do comitê técnico estadual para acompanhamento da vacinação contra a Covid-19. Na ocasião, foi apresentada a versão preliminar do Plano de operacionalização da campanha, que prevê imunizar mais de 2,8 milhões de pessoas distribuídas em quatro grupos distintos. Participaram presencialmente do encontro a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque, e, representando a Sociedade Brasileira de Imunizações em Pernambuco (SBIm), o pediatra Eduardo Jorge. Os demais componentes estiveram presentes por webconferência.

Durante a reunião, Longo lembrou que “cabe aos Estados se prepararem da melhor maneira possível para conduzir esse processo de vacinação. Nesse primeiro momento, estamos apresentando uma versão preliminar do nosso plano, que está sendo submetida ao comitê para aprimoramento e discussão“.

Todos os componentes terão até a próxima semana para darem suas considerações para que o Plano seja finalizado. O documento apresenta os grupos prioritários da vacina e traz sugestões para que os gestores municipais otimizem o uso do insumo, evitando perdas e conseguindo chegar mais próximo dos beneficiados. No caso dos profissionais de saúde, por exemplo, a indicação é que a vacina seja aplicada nas respectivas unidades de atuação. Os gestores municipais também podem pensar em centros de vacinação para a Covid-19, centralizando as ações e mantendo as atividades de rotina nas demais unidades.

O registro da vacinação será nominal e os técnicos deverão informar a data da volta para a segunda dose, quando a proteção estará completa. Como existe a possibilidade de uso de imunizante de mais de um fabricante no país, é indispensável registrar qual foi o tipo utilizado em cada indivíduo.

O Plano de operacionalização também ressalta a importância da comunicação durante todo o processo e da integração com os órgãos de segurança. O tenente coronel Barros, representando a Secretaria de Defesa Social (SDS), informou que todos os órgãos ligados à pasta estarão mobilizados para que todo o processo, da chegada das vacinas à imunização em si, ocorram sem intercorrências.

Insumos

No momento, Pernambuco já possui 3,9 milhões de seringas intramusculares em seu estoque, tipo que será utilizado na vacinação contra a Covid-19. Ainda em janeiro, está prevista a entrega de mais 2,8 milhões de unidades – totalizando 6,7 milhões de seringas disponíveis para as ações de rotina e suficiente para os primeiros três meses da campanha contra o novo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

3 × 5 =