Secretaria de Saúde de Petrolina e 8ª Geres tranquilizam comunidade da Facape sobre morte de estudante

0

reuniao-morte-estudante-facape

Representantes da Secretaria de Saúde de Petrolina tranquilizaram alunos, pais e professores da Facape acerca da morte do estudante Lucas de Souza Santos, ocorrida na noite da última quinta-feira (17). Ele passou mal após chegar de uma viagem para Belo Horizonte (MG), vindo a falecer sob suspeita de H1N1. Uma reunião realizada ontem (18), na instituição, serviu para esclarecer o fato. Representantes da 8ª Gerência Regional de Saúde (Geres) também participaram.

A conversa entre a equipe de saúde do município e do Estado com os alunos e professores foi esclarecedora. “Especialmente sobre todos os passos que estavam sendo seguidos pela equipe da Vigilância Epidemiológica para a tentativa de elucidação da causa do óbito, a princípio suspeitada de uma infecção pelo vírus Influenza H1N1. Porém estão sendo investigados outros agravos que podem ter ocorrido”, expôs a diretora de Vigilância em Saúde, Amanda Pereira.

A enfermeira em Vigilância Epidemiológica, Eduarda Vidal, explicou que surgiram dúvidas sobre os procedimentos, coletas, manifestações clínicas, medidas preventivas e outras questões que foram prontamente respondidas. “O intuito da reunião foi estabelecer uma relação de confiança entre os envolvidos e a equipe da Vigilância Epidemiológica, além de obter a listagem dos nomes dos participantes da viagem para um monitoramento e acompanhamento da condição clínica deles”, declarou.

Durante a reunião Amanda e Eduarda reafirmaram ainda não existir relato de epidemia ou surto de Influenza por H1N1 no Estado de Minas Gerais, e essa não é época de circulação viral.  “Estamos avaliando o caso, que está em investigação pela Vigilância Epidemiológica de Petrolina. Ainda é cedo para afirmar a causa morte. Nos comprometemos que assim que os resultados de Lucas forem concluídos iremos divulgá-lo para vocês e para toda a comunidade, que está acompanhando o caso pela mídia”, concluíram. (fonte/foto: Ascom PMP)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome