Secretaria de saúde de Juazeiro quita divida com hospitais e fornecedores

por Carlos Britto // 27 de fevereiro de 2009 às 08:00

A última parcela de uma dívida de R$ 4 milhões e 600 mil, deixada pela gestão anterior para com hospitais, laboratórios e fornecedores da Secretaria de Saúde de Juazeiro, desde outubro foi quitada ontem, segundo informou o secretário de Saúde Ubiratan Moreira.
O valor referente à última parcela é de R$ 1.400,000. A primeira parcela da divida referente aos meses de outubro e novembro no valor de pouco mais de R$ 1 milhão foi pago em 14 de janeiro e a segunda, correspondente a dezembro foi pago no dia 10 do mês em curso no valor de R$ 2.169 milhões.

Ainda segundo o secretário Ubiratan Moreira, os hospitais e laboratórios que prestaram serviço a população pela rede municipal de saúde em Janeiro, vão receber amanhã (27), o pagamento, no valor de R$ 1.950,000.

Fonte: Ascom PMJ

Secretaria de saúde de Juazeiro quita divida com hospitais e fornecedores

  1. Pedro Militão Filho disse:

    Caro Carlos Britto,

    A Secretaria de Saúde de Juazeiro, só ainda não pagou foi o debito social, para com as passoas que moram nos bairros perifíricos, que estão sem serviço médico, me paresse que a mesma só vai pagar através de uma ação de crime de responsabilidade, que a qualquer momento poderá ser acionada.

    Atenciosamente,

    Pedro Militão Filho
    Lider Comunitário do Bairro João XXIII e Presidente do Diretório Municipal do PPS-Juazeiro

  2. Harisson Juazeiro, cidade-dinamismo no Nordeste disse:

    Depois desse pagamento o serviço medico virá´!

  3. Pedro disse:

    A pergunta é: se pagou mesmo porque os funcionários da Santa CAsa estão há 4 meses sem receber salários? Porque a Clise também tá com salários atrasados e nenhum médico quer trabalhar lá porque só recebe aos pedaços?
    Pagou mesmo? E se pagou porque não fiscaliza os serviços dos prestadores? Ou alguém acha que quem não recebe salário via prestar um bom serviço?

  4. Edvaldo disse:

    A SMS não quitou a dívida com os hospitais. O secretário de saúde parcelou em cerca de 05 vezes a dívida com os hospitais, que não recebiam desde agosto/setembro de 2008. A SMS pagou a primeira parcela e prometeu pagar a segunda parcela da dívida até hoje dia 27/02. Quanto ao mês de janeiro de 2009, o prazo de pagamento seria dia 25 e até ontem a noite, não havia sido realizado o pagamento, e o secretário de saúde estava fora da cidade, em viagem.
    Apure melhor com suas fontes para não dizer inverdades em seu blog.
    A dívida ainda não foi quitada.
    Qto aos médicos em postos de saúde, a SMS terá grande dificuldade devido a baixa remuneração.

  5. O médico não difere de outro profissional:
    Se o salário está em dia, trabalha mais feliz, mais motivado, com mais empenho.
    aluilce@terra.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *