Secretária de Saúde de Juazeiro nega que tenha sido presa junto com servidor municipal

0

A secretária de Saúde de Juazeiro (BA), Fabíola Ribeiro, manifestou-se publicamente nesta quarta-feira (16) para desmentir fake news envolvendo seu nome e o do servidor Alfredo Júnior quanto à operação da Polícia Federal (PF) desencadeada a pedido da Controladoria-Geral da União (CGU).

Ela recebeu na manhã de hoje a visita de policiais e de representantes da CGU no cumprimento do mandado de busca e apreensão de documentos na operação, que investiga fraudes em licitações de empresas do ramo de medicamentos que atuam no Vale do São Francisco. Juazeiro é uma das 28 cidades que chegaram a contratar algumas dessas empresas. Num vídeo gravado para as redes sociais, Fabíola negou que estivesse sendo presa junto com o servidor da pasta (confiram o vídeo).

Em nota oficial, a Secretaria de Saúde (Sesau) informou que a ação dos agentes foi acompanhada pelos profissionais das secretarias que auxiliaram com informações e também cederam documentos para análise dos agentes. “A Sesau esclarece que todas as ações no município são feitas de maneira clara e com responsabilidade. Nesta ação, assim como em outras visitas dos agentes, todo o material solicitado foi disponibilizado a fim de ser investigado com transparência”, frisou a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

cinco × 4 =