Secretaria de Saúde de Juazeiro intensifica combate às muriçocas por meio do fumacê

1
Foto: Ascom PMJ/divulgação

Um clamor antigo da população de Juazeiro (BA) entrou no alvo da  Secretaria de Saúde (Sesau). Na última semana a pasta iniciou um trabalho intenso de combate ao mosquito Cullex, ou muriçoca comum, através do carro fumacê. A medida visa a amenizar o incômodo causado por esses insetos. Na oportunidade a Sesau informou ter adquirido duas bombas fumacê novas, substituindo a antiga e ampliando o número de equipes.

Os trabalhos estão sendo realizados todos dos dias da semana, incluindo os sábados e domingos, das 18h às 22h, com o uso de larvicida e a adulticida. Nesta segunda-feira, dia 11, as equipes estarão nos bairros Pedra do Lorde e Parque Residencial.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Tatiane Malta, a ação de controle das muriçocas precisa da parceria da população. “O objetivo é matar os mosquitos adultos, possivelmente contaminados, quebrando assim o ciclo da doença. É bom lembrar, que isso não impede a reprodução de mosquitos. A população deve colaborar eliminando qualquer depósito que acumule água. Essa ação é a mais eficaz no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue”, disse.

Também serão beneficiadas esta semana as demais localidades: Nossa Senhora das Grotas, Palmares, Piranga I e II, Nova Esperança, Argemiro, João Paulo II, Dom José Rodrigues, Vila Nova Fé e Antônio Guilhermino.

Cuidados

A Sesau ressalta ainda os cuidados básicos a serem tomados durante a passagem do fumacê. São eles:

-Abrir bem portas e janelas;

-Cobrir os alimentos;

-Cobrir o rosto dos recém-nascidos com fralda umedecida com água;

-Retirar dos quintais todos os recipientes que acumulam água como: pneus, latas vasilhames plásticos, entulhos, etc.

-Manter terrenos baldios sempre limpos.

1 COMENTÁRIO

  1. Engraçado que quando a reportagem é sobre o agronegócio fazer questão de destacar o termo veneno. Nesse cado esqueceram de mencionar que esses Venenos (larvicidas e Adulticidas) são os mesmo usados na agricultura em alguns cultivos.
    Fica evidente a postura que é assumida por grande parte da impressa (independente do tamanho e publico alvo) a depender do interesse de quem eu vou atingir com o tema da reportagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome