Sebrae-PE lança programa durante 1º Seminário de Eficiência Energética em Petrolina

0

seminário eficiência energéticaUma iniciativa que apoia e orienta as micro e pequenas empresas para eliminar desperdícios, otimizar o desempenho dos equipamentos e reduzir o consumo, proporcionando uma economia de até 30% nas contas de energia elétrica.  Este é o Programa de Eficiência Energética, que o Sebrae-PE lançou no auditório do Quality Hotel, em Petrolina, na noite de terça-feira (22).

O evento, que marcou o início do 1º Seminário de Eficiência Energética/energias alternativas, foi aberto pelo superintendente do Sebrae-PE, Osvaldo Ramos, e reuniu empresários, especialistas do setor e estudantes. Durante o encontro, que prosseguiu durante todo o dia de hoje (23), o público pôde conferir como o uso eficiente e a conservação de energia pode ser um grande aliado na redução dos custos operacionais e preservação do meio ambiente.

Falando sobre os benefícios da racionalização de energia e uso de energias alternativas, o professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Luiz Mariano Pereira, citou vários exemplos do potencial fotovoltaico (energia solar) no Vale do São Francisco. O prefeito de Petrolina, Julio Lóssio, apresentou o Ecomoney (dinheiro verde), um programa criado pela prefeitura que vai dar benefício no IPTU para os contribuintes que instalarem painéis solares e aerogeradores que produzam energia alternativa limpa. “A ideia é incentivar o desenvolvimento sustentável e ecológico da cidade, estimulando a economia, a geração de novos empregos e um incremento na circulação de bens e serviços“, completou entusiasmado o prefeito.

seminário eficiência energética2Outro programa que chamou atenção durante o Seminário, foi o ‘PE Solar’. Apresentado pelo gerente da Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (Agefepe), Kleber Lira, a iniciativa quer consolidar o Estado como gerador de energia limpa e polo produtivo de equipamentos, tecnologia e conhecimento no setor. “O PE Solar visa a estimular a micro e a minigeração de energia solar para as micro, pequenas e médias empresas locais, com linha de financiamento específica para instalação de painéis fotovoltaicos“, adiantou Kleber Lira.

Investimentos 

Comungando com o entusiasmo dos palestrantes sobre as energias alternativas, o empresário local Rogério Ribeiro, que trabalha há 24 anos com foco na gestão ambiental integrada, anunciou que nestes próximos 60 dias estará ingressando no segmento. “A nossa empresa, a Sanvale, está projetando e instalando equipamentos para produção de painéis solares para atender pequenos, médios e grandes consumidores. Vamos investir em torno de R$ 1 milhão, contratar 16 novos colaboradores e estamos certos de um retorno deste investimento em quatro a cinco anos“.

Para o superintendente do Sebrae-PE, Osvaldo Ramos, o evento foi extremamente produtivo e rico de contribuições. “Parte do projeto de sustentabilidade do Sebrae-PE, este programa é uma alternativa para fazer frente aos mais diversos problemas ocasionados pela falta de energia“, concluiu. No encerramento, o público ainda conferiu alguns relatos de experiências com empresas do setor no Estado, a exemplo da Ecowatts, Sun Edison e Engesol Renováveis. O Banco do Nordeste também apresentou uma sessão de oportunidades com linhas de financiamento específicas para implantação de projetos na área de eficiência energética. (fonte/foto: CLAS Comunicação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome