Sanepav: “A Prefeitura não sabe o que está fazendo” (EXCLUSIVO)

por Carlos Britto // 11 de fevereiro de 2009 às 08:00

A celeuma do cancelamento do contrato entre a Prefeitura de Petrolina e a Sanepav ainda está longe de ter fim. Hoje, na sessão da câmara, o gestor da empresa Cláudio Massini participa de audiência pública e me garantiu que vai levar uma pilha de documentos importantes em uma mão e uma porção de argumentos na outra.
Ele conversou comigo com exclusividade e disse estar absolutamente tranqüilo. Informou que a prefeitura cometeu erros inacreditáveis nesse processo e apontou falhas que considerou grosseiras, típicas de desinformação:

Carlos Britto: Como o Sr. viu as declarações da prefeitura em relação ao rompimento do contrato?

Massini: Eu simplesmente não acreditei. Vamos fazer uma conta rápida aqui: O contrato é de 62 milhões, a irregularidade segundo eles 24 milhões, o que representa um percentual de 38% . Ai tem impostos, pessoal e outros custos. Se for assim não prestamos serviço e apenas tiramos nota?

Carlos Britto: Mas eles apresentaram documentos.

Massini: Mas ai é que tá. Eles apresentaram apenas o primeiro laudo. Tem um segundo laudo e por que não apresentaram? Nesse segundo laudo a previsão, caso continuasse dessa forma, era de 17 milhões de superfaturamento e não 24 até o segundo semestre de 2011, data final do contrato e claro já tínhamos nos comprometido a resolver isso. Ninguém teria prejuízo

Carlos Britto: E o que os senhores farão agora?

Massini: Agora estamos tranqüilos demais. Eles deram um tiro no pé, pois apresentam um documento antigo quando já tem um outro e o Tribunal não recomendou a rescisão do contrato. Nós respondemos tudo ao Tribunal de Contas e assumimos tudo que foi firmado no Termo de Ajuste de Conduta. O contrato foi aditado e os preços realinhados.

Carlos Britto: Como realinhados? Pode explicar, por favor?

Massini: No inicio do contrato a tonelada do lixo custava 62 reais. Se tira 38% a tonelada cai para 38 reais. Eu desafio qualquer empresa do Brasil a trabalhar com esse preço. Não tem jeito e essa conta não fecha, ninguém pode fazer isso. E ai eles falam de 26 irregularidades, mas os impostos são questionados: O Cofins caiu de7,6% para 3% o FGTS era 8,5% e caiu para 8% a CPMF era 0,38 e hoje não existe, o imposto de renda antes podia entrar e hoje é custo do empresário…Tudo estava nos custos e incide nos serviços.

Carlos Britto: Mas o Sr. se disse surpreso e a prefeitura diz que o sr. sabia das decisões.

Massini: Não foi bem assim. O que o secretário Patrício Valgueiro protocolou conosco foi apenas o inquérito que dizia que estavam estudando a decisão, pois se fosse provado o próprio Tribunal agiria. O Inquérito da prefeitura é tão equivocado que transcreveram da auditoria do Tribunal até a parte que criticava a fiscalização e a fiscalização é da prefeitura. Dá pra entender? O documento que eles nos cobram tem cobranças a eles?. Eles não estão nem lendo os documentos. E tem mais, nos comunicaram na sexta, pois era o prazo limite e ser perdessem o prazo o inquérito seria invalidado. A prefeitura não sabe o que está fazendo, estão perdidos.

Carlos Britto: A prefeitura diz ainda que o Sr. escolheu a forma mais complicada para demitir os funcionários, por quê?

Massini: Não é verdade e, aliás, eles nunca se preocuparam com esses trabalhadores. Tivemos que dar o aviso para termos os 30 dias para pagar. Se fosse demissão imediata teríamos apenas dez dias. A prefeitura só usa esse discurso agora por que conheceram a cláusula 35 da convenção coletiva da classe que obriga que eles sejam recontratados nesse caso. Então não cola o discurso da intenção de ajudá-los. É a lei e eles têm que cumprir. E mais, para eles contratarem os demitidos da Sanepav terão que demitir os que estão trabalhando agora. Por que não explicam isso?

Carlos Britto: A nova licitação vai acontecer. O que pretendem fazer?

Massini: Estamos avaliando, mas se fosse hoje a Sanepav participaria do processo.


Sanepav: “A Prefeitura não sabe o que está fazendo” (EXCLUSIVO)

  1. Roberto Carvalho disse:

    Realmente esta celeuma me parece estar longe do fim. Agora, pela forma como foi levado a efeito a rescisão contratual pela Prefeitura, me parece que a Sanepav está me parecendo falar com mais propriedade e sinceridade.
    mas vamos aguardar…

  2. J. Paulo disse:

    A VERDADE É QUE JULIO LOSSIO FOI OBRIGADO(FORÇADO) POR GUILHERME COELHO, QUE DIZEM A BOCA MIUDA QUE É SOCIO OCULTO DA VENANCIO, PARA CONTRATAR A CONSTRUTORA VENANCIO

  3. Ivo Schneider disse:

    NOSSA QUANTA EXCLUSIVIDADE. A CIDADE PAROU PARA LER ESTA ENTRAVISTA INTERESSANTE EM PRIMEIRISSIMA MAO. SO FALTOU A MUSIQUINHA DO PLANTAO DA GLOBO. TO TODO ARREPIADO. TRECHOS MARCANTES E REVELADORES CHEGAM A TIRAR O FOLEGO DO LEITOR DESTE BLOG. PARABENS CARLOS BRITO. VOCÊ EH SHOW

  4. Ivo Schneider disse:

    CARLOS UMA PERGUNTA: VOCÊ PREFERE SPRITE COM LIMAO E BACARDI OU FANTA COM VODKA (A BEBIDA PREFERIDA DE GISELE BUDCHEN)?

    MAIS UMA: VOCE GOSTA DE VIAJAR NA POLTRONA DO CORREDOR DO ONIBUS OU NA JANELA DO AVIAO?

    SAO PERGUNTAS TÃO IMPORTANTES QUANTO AS QUE VOCE FEZ NA ENTREVISTA A ESTE SENHOR LOIRO DE OLHOS AZUIS

  5. Igor Costa disse:

    Ivo sarcastico, acabei de rir do seu comentário.

    Realmente, faltou mais conteúdo para essa entrevista. A tal sanepav é uma empresa com registro em Alphaville aqui próximo de casa. Ela mantem 19 cidades coletando lixo e tem como sócios alguem ligado ao ex-prefeito da cidade de Petrolina.

    Sinceridade, Vocês estão brigando por lixo. Literalmente

  6. Watergate disse:

    Ivo Schneider, redija algumas perguntas que o senhor considere menos relevante. Quem sabe Carlos Brito não às publique na proxima materia.

    Igor Costa, Não era o senhor que supostamente estava morando nos Estados Unidos e trabalhando para a Microsoft ?
    Não sabia que ai tinha alphaville

  7. Francisco disse:

    Liga não Britto. Esse Ivo ta defendendo o dele. Uma boquinha na prefeitura. isso mesmo Ivo, proteje a mamata. mama ai na teta e seja feliz………

  8. Luis Claudio disse:

    Quem trabalhando na microsoft? esse Ivo? Isso é um babão incompetente.

  9. Antonio disse:

    Carlos, liga não, o Ivo só ficou vidrado nos olhos do entrevistado. Não conseguiu enxergar mais nada. É macho.

  10. Bento Gonçalves disse:

    gente, ao menos britto tem o mérito de trazer todos os lados da questão. e a tv grande rio (como se a gente n soubesse porque….) que so trouxe a entrevista do povo da prefeitura, e nao falou nada das caçambas inadequadas levando lixo??? nem do lixo acumulado nas ruas???. britto perguntou o q tinha de ser perguntado.

  11. ATENTO disse:

    Continuo achando que tem algo de errado nesta rescisão contratual que ainda não sei o que é, mas logo, logo, todos nós saberemos. O fato é que é muito estranho rescindir um contrato às 18 horas de sexta-feira, sem a minima explicação à sociedade e de repente aparecer a Vanâncio como vencedora de uma licitação(?) por apresentar preço menor. Quemparticipou junto com a Venâncio? A rescisão se deu na sexta-feira, então a nova licitação foi feita quando? Pq os trabalhadores não estão usando os equipamentos necessários para a pratica de pegar o lixo? ESTÃO CUIDANDO DAS PESSOAS ASSIM?

  12. Opara disse:

    Quem lê meus comentários, pode observar que sou cauteloso quanto ao tema. Conheço Cláudio Mancini, não pessoalmente, mas por contatos profissionais. Posso dizer que aparenta ser uma pessoa bastante íntegra. Desde o início, achei estranha a posição da Prefeitura. Sabe quem vai perder com tudo isso? Petrolina. Eu votei em Júlio Lóssio, e ainda continuo acreditando no seu trabalho, mas a lambança já começa a aparecer.

  13. Sergio disse:

    Alguem duvida que tenha ocorrido superfaturamento neste contrato da sanepav?? Eu não duvido, pelo contrario, tenho certeza de que tem, mas tenho certeza que a empresa que assumir daqui para frente tambem beneficiará alguem….A coisa sempre funcionou assim. Resta aos que perderam a teta espernear….

  14. Francisco Antonio Ramos disse:

    Júlio Lócio, Fernado Bezerra e Gonzaga são tudo farinha do mesmo saco; Sanepav e Venâncio são tudo do mesmo lixo. Quem disser diferente está comendo ou está querendo comer…

  15. Opara disse:

    Fala assim não Francisco…

  16. Desiludido disse:

    Cara Opara, infelizmente o Francisco tá correto. Não há como diferenciar, ou vc acha q todos eles tem essa vontade toda de ajudar Petrolina, qdo em suas atividades particulares teriam condições de ganhar muuuuito mais do que os míseros R$ 9.000,00 que deve ser salário de Prefeito???? o cálculo é simples e os números n mentem.

  17. Opaí ó disse:

    Muito triste essa celeuma toda por nada…(até parece!!)
    Todo mundo sabe que estes contratos estavam regulares….
    Os coitadinhos da sanepav não são dados as estas coisas……
    O prefeito esta cuidando do patrimonio do povo…….
    A Venancio vai fazer um contrato honesto e bom para Petrolina…..
    O gestor da sanpav explicou tudo claramente…….
    O pessoal está preocupado mesmo é com os funcionarios demitidos…..
    A sim, …Papai noel mandou avisar que o coelhinho da pascoa vem trazer ovos para todos.

  18. rafa disse:

    lóssio todo mundo sabe que não vai aver licitação a enpresa que já ganhou foi avenacio se não ela não estaria air só por 180 dias o ex prefeito guilherme coelho é quem quer pra sobrar uma mereca pra canpanha dele.

  19. Opara disse:

    Desiludido…

    Vc conhece Cláudio Mancini… se conhecesse, não diria isso. Está quase comprovado que esses 24 milhões é ilusão da Nova Petrolina… pode até ser que tenha havido falcatrua, mas os novos gestores não têm a prova na mão, como as rádios alardeam.

  20. Opara disse:

    Não estou dizendo que A ou B é honesto… só estou achando que se criou um caso inexistente para criar um fato real já previsto.

  21. carlos disse:

    será que vão tirar a Menina Morena,também???

  22. Roberto Carvalho disse:

    Que é uma mera jogada de marketing da nova Petrolina disso eu n tenho dúvida, afinal o relatório do TCE foi resvisto de ofício pelo próprio Tribunal e já reduziram este valor para os 17 milhões, sob os quais a SANEPAV produziu a sua defesa e ainda n foi julgada. Mas mesmo assim a Nova Petrolina divulga o relatório ultrapassado, mero equívoco? não acredito, foi proposital.
    Não se pode é penalizar ninguém, rescindindo um contrato sem ter sido comprovada a fraude. Acho q este é muito mais um caso típico de “vamos favorecer nossos amigos” do que zelo pelo patrimônio público, pois o patrimônio público irá pagar por este desmando mais na frente, diante da ação judicial a ser ajuizada pela SANEPAV.
    o que deveria ter sido feito, a princípio era propor uma revisão dos preços para os serviços, se acaso não fosse aceito pela empresa, aí sim poderia-se pensar em outros caminhos…

  23. Galocego Pinto Milho disse:

    Esse IVO se ligou foi nos olhos e brancura do Claudio.

    Sei não viu. ? Boiola ? Sei lá!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *