Comunidades rurais de Salgueiro recebem orientações sobre armazenamento de forragem para enfrentar estiagem

0

Silo, em Contendas.A Secretaria de Desenvolvimento Rural de Salgueiro (PE), no Sertão Central, contemplou a Vila de Umãs e as localidades rurais de Contendas, Tamboril e Baixio Verde com a implantação de silos (uma técnica de armazenamento de forragem, no solo, sem a perda das características nutricionais do vegetal).

O projeto ganha força no período de inverno, quando os agricultores e criadores têm condições adequadas para o cultivo e a colheita de pastagem. De acordo com o engenheiro agrônomo da secretaria de Desenvolvimento Rural, Guilherme Fernandes, o objetivo é possibilitar reservas que garantam o alimento do animal, durante a estiagem. “A ausência de ar não permite que as bactérias decompositoras se multipliquem”, explica Fernandes.

Os silos têm, em média, cinco metros de comprimento por dois de largura e 1,8 de altura, tendo capacidade aproximada para a acomodação de nove toneladas de ração.

Além de todo o equipamento necessário para a escavação do solo – ensiladeira, trator e reboque – a Secretaria oferece orientação técnica para a escolha do local adequado, o dimensionamento correspondente à quantidade de pasto, o passo a passo do enchimento e fechamento do silo, além de instruções sobre como utilizá-lo futuramente.

Dentre os materiais armazenados, os mais comuns são a cana, o sorgo forrageiro e o capim elefante. “Até o final do ano, pretendemos dar continuidade à ação, de acordo com a solicitação dos agricultores“, destaca o engenheiro agrônomo. (Foto> Ascom PMS/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome