Salgueiro se mobiliza para combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

0

campanha salgueiro/Foto: Ascom PMSNa semana em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, várias ações de alerta em torno da data estão previstas para ocorrer no município de Salgueiro (PE), Sertão Central. O intuito é mobilizar a sociedade sobre a necessidade de se prevenir, responsabilizar e denunciar crimes dessa natureza.

Com o tema “Todos num só time – Por uma Copa sem Abusos e Exploração Sexual”, o assunto começou a ser discutido a partir da última segunda-feira (13), em três rádios da cidade, quando representantes dos CREAS’s Municipal e Regional, Nuprev e Conselho Tutelar se dividiram em grupos e concederam entrevistas às emissoras para falar sobre a importância de se garantir a preservação e o efetivo exercício dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Em meio aos preparativos para a Copa das Confederações, a psicóloga do CREAS Municipal, Anny Shirley Vasconcelos, disse em entrevista a uma rádio local que toda a população “está sendo convocada a entrar no time de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes”.

Data

A ideia da campanha (18 de maio) representa um ato de protesto, de repúdio à violência, numa data que marca uma trágica história de uma criança chamada Araceli. Em maio de 1973 ela foi reconhecida pelo pai no IML da cidade de Vitória do Espírito Santo, após ter sido vítima de sequestro, estupro, além de ter sido alcoolizada, drogada, espancada e morta, tendo seu corpo descaracterizado por ácido e em seguida jogada numa das avenidas mais movimentadas da capital.

Para a realização da campanha, a Prefeitura de Salgueiro, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, conta com a parceria das Secretarias de Educação e Saúde, Gerência Regional de Educação (GRE), Nuprev Sertão, CREAS Municipal e Regional, CRAS I e II, Conselho Tutelar, Polícia Militar e demais setores e serviços que fazem parte da rede de proteção. Na última terça (14) foi realizada uma abordagem educativa e repressiva em postos de combustíveis da cidade. As informações são da assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome