Sem festa e folião, Orla de Petrolina ganha reforço na segurança para evitar aglomerações

2

Se não fosse a pandemia do novo Coronavírus, Petrolina teria uma noite bastante agitada. Mas, num sábado bastante atípico de Carnaval, o cenário registrado na Orla da cidade foi bem diferente do tradicional. Apesar do grande fluxo de veículos observado agora à noite, o Sábado de Zé Pereira foi marcado também pela presença das equipes de Segurança Pública que intensificaram as ações a fim de coibir aglomerações na região. A ação atende uma recomendação do Ministério Público Estadual para que haja vigilância intensa neste período carnavalesco.

Segundo informações, a operação ocorrerá de forma conjunta entre 5º BPM, 2º Biesp, Polícia Civil, Guarda Municipal, Disciplinamento Urbano, Vigilância Sanitária, Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) e Fiscais de Postura. O descumprimento de medidas preventivas pode ser denunciado à Central de Atendimentos da Secretaria Executiva de Segurança Pública, no telefone 153, ou pelo WhatsApp (87) 98106-7310.

2 COMENTÁRIOS

  1. 92% dos crimes não tem solução neste país. Mas a polícia está indo atrás de festinha de carnaval, ao invés de ir atrás de assassino, estuprador e ladrão. Mas por que fazem isso? A festinha paga multa e faz caixa para o governo. Uma pessoa assassinada é uma a menos para previdência pagar aposentadoria no futuro, portanto menos 1 gasto.

    Sim esta é a lógica brasileira.

  2. A prefeitura de Petrolina deveria fazer atividade desse tipo na feira da areia branca, pessoas sem mascara, aglomeração…
    Recomendo que evitem o ambiente, hj fui lá e retornei, assim.que me deparei com o ambiente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

5 × 3 =