Rui Costa anuncia medidas mais restritivas e fecha comércio de Juazeiro e mais 19 cidades

4
Desta segunda (8) até as 5h de quarta-feira (10), apenas os serviços essenciais devem funcionar em 20 municípios das regiões de Juazeiro e Senhor do Bonfim, no norte baiano. A ampliação das medidas restritivas foi definida pelo Governo do Estado e prefeituras com o objetivo de frear a disseminação da Covid-19. O decreto com as restrições será publicado na edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE) deste domingo (7).
As medidas valem para os municípios de Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Cansanção, Canudos, Casa Nova, Curacá, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Juazeiro, Pilão Arcado, Pindobaçu, Ponto Novo, Remanso, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Sobradinho, Uauá.

Será permitido nesses municípios somente o funcionamento de atividades relacionadas à saúde e ao enfrentamento da pandemia, bem como à comercialização de gêneros alimentícios e feiras livres. São considerados serviços públicos essenciais, cuja prestação não admite interrupção, as atividades relacionadas à segurança pública, saúde, proteção e defesa civil, fiscalização, arrecadação, limpeza pública, manutenção urbana, transporte público, energia, saneamento básico e comunicações.

Estabelecimentos comerciais como restaurantes, bares e congêneres devem funcionar com portas fechadas, sendo permitido apenas o delivery até as 24h. Também ficam suspensas nos 20 municípios as atividades presenciais nos órgãos e entidades da administração pública estadual não enquadrados como serviços públicos essenciais, devendo ser adotado o regime de trabalho remoto. No mesmo período, estarão suspensos os atendimentos presenciais do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). A Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio das Polícias Militar e Civil, apoiará as medidas necessárias adotadas nos municípios, em conjunto com guardas municipais. Os infratores podem ser autuados nos artigos 268 e 330 do Código Penal.

4 COMENTÁRIOS

  1. Sr. Governador Rui Costa,

    Qua o seu medo de mostrar os valores ja repassados para o Estado da Bahia que o governo Federal fez? Será que os repasses do governo Federal é contestado e falacioso como seu desgoverno? Não dá para entender seuv posicionamento, e junto com o socialista do Maranhão entraram na justiça para impedir que o governo Federal não divulgue os valores ja repassados para Bahia! Por que será?

  2. Impressionante como a população não se dá conta do que está acontecendo realmente. Primeiro esses gênios governantes-cientistas tiram nosso direito de ir e vir, direito esse, garantido pela Constituição, depois outro gênio está decidindo o que você pode comprar no supermercado. A população só pode comprar o que é essencial. Qual será o próximo passo? nos dizer a hora de comer, o que podemos pensar e até mesmo o que falar? é perigoso e preocupante o rumo que esse país está tomando. O medo e o alarmismo alardeado pelos políticos com o apoio da imprensa militante é absurda. Vidas humanas importa, mas manter empregos também. Por que os políticos-gênios não admitem que foram os culpados pelo avanço da pandemia, quando liberaram geral para as campanhas eleitorais para eleger prefeitos e vereadores? agora querem consertar a irresponsabilidade com outra ainda maior que é fechar o comércio, justamente num momento de recuperação. Pergunto: onde é mais perigoso você contrair o vírus, numa loja no comércio, onde poucas pessoas circulam, ou dentro de um ônibus lotado, filas de bancos que dão voltas, supermercados lotados de gente? quantas pessoas circulam numa loja que vende roupas, sapatos, armarinhos, loja de capinha de celular? nesse sábado (06/03) um supermercado da cidade estava com a entrada fechada devido a lotação de pessoas dentro do estabelecimento. Esse lockdown feito sem nenhum critério é totalmente ineficaz. Os grupos de riscos e pessoas com morbidades foram isolados? foi criado um protocolo para estabelecimentos funcionarem com segurança? a frota de ônibus foi aumentada para que não circulassem cheios? a resposta é sempre não. Eles estão brincando de tiranetes, puxando a corda para vê até onde a população aguenta. E pelo andar da carruagem, a população está mesmo a fim de conhecer o que é viver sobre um governo autoritário. Entrar na justiça para impedir da população saber o que está no portal da transparência, é o absurdo dos absurdos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

oito + 13 =