Roubos e furtos de cargas reduzem em novembro em PE, comparados a 2022

por Carlos Britto // 17 de dezembro de 2023 às 12:57

Foto: SDS/Secom-PE

O mês de novembro consolidou a queda nos roubos e furtos de cargas em Pernambuco. Os dados contam com os resultados da operação da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), denominada ‘Caminhos Sujos’, iniciada no dia 1º do mês passado, que é focada no combate a roubo de cargas. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), leva-se em consideração que, com a chegada das festas de fim de ano, novas estratégias são formuladas e colocadas em curso, visando a que neste período, os números de roubos e furtos tendem a subir em todo País.

Segundo o levantamento realizado pela Gerência Geral de Análise Criminal e Estatística da SDS (GGACE), em novembro de 2023 os casos de furto de cargas apresentaram uma redução de 40% em Pernambuco, saindo de 10 (2022) para 6 casos (2023). Já os dados referentes a roubo de cargas, o último mês apresentou uma redução de 34,9%, saindo de 43 (2022) para 28 ocorrências (2023) – ou seja, 15 casos a menos que o registrado em 2022.

Ter as forças de segurança pública trabalhando de forma integrada é primordial para que possamos manter estes crimes em queda. E, para este final de ano, seguimos empenhados nas operações Réveillon, Têxtil, Verão e Papai Noel“, pontua o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho.

Dentre diversas ações, a PCPE, desde o final de outubro, deflagrou a Operação de Repressão Qualificada ‘Fox’, da Delegacia de Polícia de Roubos e Furtos de Cargas, seguida, pela Operação de Repressão Qualificada Caminhos Sujos, da Delegacia de Polícia de Roubos e Furtos de Veículos. As duas operações resultaram na prisão de 76 pessoas. A atuação da Força impactou, também, nos números relativos a outras modalidades de crimes, como é o caso dos furtos e roubos de carros, que diminuíram 3,5% no último mês, em relação ao mesmo período do ano passado, saindo de 1.610 (2022) para 1.553 (2023).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários