Ronaldo Souza responde críticas e fala de futebol no Blog

por Carlos Britto // 31 de março de 2009 às 09:30

O dirigente esportivo e ex-vereador petrolinense Ronaldo Souza concedeu uma entrevista ao Blog, na qual admite algumas críticas feitas pelos internautas ao futebol petrolinense, como a atual falta de estrutura e decadência dos times locais. “Parte dessas críticas servem como reflexão”, ponderou.

Presidente do 1º de Maio, clube que profissionalizou há 12 anos após a conquista do campeonato amador de Petrolina de 1995, Ronaldo faz um mea culpa na forma como administrou o clube, se diz “envergonhado” com o desempenho dos times petrolinenses tanto na série A1 quanto na A2 do Campeonato Pernambucano e afirma que o apoio da Prefeitura Municipal e do empresariado é fator fundamental para injetar novo ânimo nos times da cidade e virar a página.

O primeiro passo foi dado, com municipalização do Estádio Paulo de Souza Coelho – luta que ajudou a encampar. Por isso acredita em dias melhores para o futebol petrolinense. Sobre o Campeonato Pernambucano, Ronaldo acredita que a Fera Sertaneja ainda possa permanecer na Divisão de Elite para 2010. “Ainda tem 12 pontos em jogo”. Confira a primeira parte da entrevista. Amanhã tem mais Ronaldo Souza aqui no Blog:

Blog do Britto –Caruaru, do mesmo porte de Petrolina, tem dois clubes competitivos no Campeonato Pernambucano. Temos ainda o Salgueiro e o Itacuruba, que já colocou o time entre os quatro melhores do Pernambucano. O que falta para Petrolina alcançar o mesmo sucesso?

Ronaldo– Caruaru tem o Central, que já tem quase cem anos, e o Porto. Existe uma diferença entre as duas equipes. O Central hoje tem um estádio próprio (Pedro Vítor de Albuquerque), que só a arrecadação das lojas na principal avenida de Caruaru já mantém 70% das despesas do Central. Fora isso, a gestão pública municipal com valor de recursos (repasse) muito maior que Petrolina. E aí você tem o Porto. Meu amigo Porfírio faz um investimento anual de 300 mil Reais, tem uma estrutura que nenhum clube do Nordeste possui, que é sua praça esportiva com seis campos gramados de propriedade dele. Só na Europa pode se encontrar uma estrutura como a do Porto, o Ninho do Gavião. Vamos para Salgueiro. Qual a manutenção do futebol do Salgueiro? é que tem empresários lá com uma condição financeira muito boa, que gostam de futebol e estão investindo. Além disso ainda tem a parceria com a prefeitura e com a banda (Limão Com Mel) e aí fica mais fácil de administrar. Quem gosta do futebol em Petrolina são os segmentos mais pobres.

Blog do Britto – você esqueceu o Itacuruba…

Ronaldo– O Itacuruba deixou um prefeito inelegível, e a cidade sucateada e quebrada. A cidade só tem dez ruas, não tem hotel, não tem restaurante. É preciso ficar hospedado em Floresta.

Blog do Britto– e o que isso tem a ver com o time?

Ronaldo – é que o Itacuruba dependia exclusivamente da prefeitura, ele não tinha sustentação do núcleo empresarial da cidade. Tanto é que Belém e Floresta pleitearam tirar o Itacurubua da cidade, que só tem 7 mil habitantes,quando a capacidade mínima de torcedores e de 5 mil habitantes. Qual a reflexão que faço? É que é preciso haver parceria com o grupo empresarial, mas é preciso credibilidade. Não porque as pessoas sejam irresponsáveis a ponto de não administrar, é porque os recursos são pequenos. O Petrolina hoje passa por dificuldades porque depende do Todos Com a Nota. O campeonato começou em janeiro e só agora no final de março, o Petrolina veio receber a primeira parcela. Assim fica difícil de administrar e quando não se paga as contas em dia, qualquer time vai mal. Fora a prefeitura de Petrolina, qual outro sistema que podia colaborar com o futebol de Petrolina? O Sistema Grande Rio de Televisão. Nós só gostaríamos de ter 10% do volume de propaganda que passa o futsal.

Blog do Britto – mas você como um desses “cabeças” do nosso futebol, e Ferson, já fizeram essa proposta à TV Grande Rio?

Ronaldo –Na verdade o Petrolina já teve isso. A gente tem de deixar isso evidente. Petrolina tem duas linhas políticas distintas e o Petrolina (time) tinha essa facilidade com o grupo que era responsável pela TV Grande Rio. Eu era adversário. Infelizmente eu fui atropelado nesse processo, não fui entendido por razões da política e não tive esse apoio. A gente vai atrás agora da empresária Patrícia Coelho para que a gente possa fazer parcerias. Afinal de contas, o clube (1º de Maio) depende dos interesses do futebol de Petrolina a nível de Pernambuco e do Brasil. Imagina quanto custa uma vinhetazinha de 30 segundos no Jornal Nacional e no Fantástico do jogo realizado em Petrolina (contra o Sport, no último dia 28/03). Acho que nenhum político tem a dimensão do que isso representa para o futebol, para o estado e para o município.

Ronaldo Souza responde críticas e fala de futebol no Blog

  1. Opara disse:

    Britto… pq vc não perguntou sobre o gramado do Estádio. Dizem que nós tínhamos uns dos melhores gramados do Brasil… elegiodo por todos que aqui vinham jogar. Agora, está uma vergonha. Dizem também que isso se deu depois que Ronaldo, na época administradro do Estádio, procedeu à troca do gramado.

  2. IRRITADISSIMO disse:

    Vejam meus caros, quem são os representantes esportivos da nossa cidade : RONALDO CANCÃO E FERSON . vejam em que mãos ?
    sera que não temos pessoas capacitadas para tal ?

    Assina; Segunda divisão

  3. Pedra Linda disse:

    Simplesmente, uma entrevista inútil. O senhor Ronaldo (cancão) não entende de futebol (não sabe jogar) e muito menos administrar um clube de futebol.

  4. Diego Araujo disse:

    Falta muito para os times de petrolina se destacarem no senario do futebol, primeiro falta apoio dos empresarios da regiao, segundo falta mais apoio politico, organização e uma melhor gestao…pra termos uma ideia de como esta as administrações dos dois time da cidade, nem um dos dois tem um simples SITE na internet, como é que os torcedores vao saber noticias do seus times…nao temos um processo de socios para que os torcedores em contiçoes possam ajudar os times, nao temos apoio politico pra parcerias com empresas…o nosso futebol é simplesmente uma VERGONHA para o povo petrolinense…a TV grande rio apoio mais o futsal que o futebol de campo que é mais bem visto pelos brasileiros isso é incrivel…nosso estadio uma vergonha…

    Vamos organizar o futebol de petrolina gente…o povo de petroplina merece isso…

    Comecem com divulgação como criação de um site na internet, com noticias para os torcedores, processo de socios…

  5. Alef Guilherme disse:

    OPÀ!! tem site sim desde 2007 :http://ferasertaneja.blogspot.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *