Ronaldo Cancão quer providências do poder público para coibir avanço de loteamentos ilegais em comunidade rural de Petrolina

2

O avanço de loteamentos ilegais na comunidade rural de Ponta da Serra, em Petrolina, vem preocupando o 1º vice-presidente da Casa Plínio Amorim, vereador Ronaldo Cancão (PTB). Ele chegou a apresentar um requerimento solicitando da prefeitura providências para coibir tal prática.

Em entrevista ao Programa Carlos Britto, na Rural FM, nesta quarta-feira (16), Cancão argumentou que o crescimento desordenado trará sérios problemas a Ponta da Serra, se não for coibido de agora. Segundo o vereador, quem quiser lotear terras na comunidade, precisa ter autorização legal da prefeitura, por meio do órgãos responsáveis – a secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH). No entanto, não é o que está ocorrendo.

Fazem desmatamento, não têm licença da AMMA (Autarquia Municipal de Meio Ambiente), oferecem água que não têm. A água da Ponta da Serra já é do canal do Perímetro Senador Nilo Coelho. O DINC (Distrito de Irrigação Nilo Coelho) não oferece mais a outorga da água. Aí você tem um sistema de abastecimento para atender 1.200 pessoas, e já passa de 4 mil”, enfatizou.

Cancão adiantou também que vai solicitar uma reunião com representantes da 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf, DINC e prefeitura no sentido de coibir veementemente a ilegalidade desses loteamentos.

2 COMENTÁRIOS

  1. Já que o vereador tá preocupa ele deveria se informar sobre uma placa que tem no antigo aeroporto para alugar o terreno,de frente a peixaria Dona Hilda,mistérios querem fazer as coisas nas escondidas pois nós já sabemos quem meteu a mão nesta área todinha,quero ver se o vereador tem coragem e diz o nome.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome