Ronaldo Cancão afirma que festejos juninos deste ano em Petrolina apresenta mesmas falhas: “Falta de responsabilidade com dinheiro público”

5

ronaldo cancão_640x480A realização dos festejos juninos deste ano em Petrolina, que serão abertos oficialmente nesta quinta-feira (20), rendeu novamente um caldo de polêmica na Casa Plínio Amorim.

Durante discurso de 20 minutos na sessão de ontem (18), o líder oposicionista, Ronaldo Cancão (PSL), não economizou nas críticas contra a atual administração.

Entre outras coisas, Cancão afirmou que o formato do evento deste ano tem os mesmos vícios das duas edições anteriores (2011 e 2012), com indícios de irregularidades, a começar do valor total da festa.

O prefeito Júlio Lóssio (PMDB) havia informado em recente entrevista a um jornal do Recife que o São João de 2013 custou em torno de R$ 8 milhões.

Mas, segundo o oposicionista, o pregão para contratar a empresa organizadora dos festejos – a ME produções, que também foi contratada nos últimos dois anos – ficou em R$ 4,2 milhões (pouco abaixo da licitação, de R$ 4,7 milhões). “Quero saber do restante desse dinheiro”, alfinetou.

Sobre a ME Produções, Cancão disse “estranhar” que com tantas empresas produtoras de evento em Petrolina, somente a ME – de Campo Formoso, no Norte da Bahia – se interessou em fazer o São João.

O vereador ainda tachou o prefeito de “mentiroso”, quando este afirmou que os gastos com a festa em 2012 também ficaram em R$ 8 milhões. Cancão garantiu que a conta não ficou em menos de R$ 13,57 milhões. E mais: Lóssio teria também ‘maquiado’ o patrocínio de R$ 200 mil da Caixa Econômica ao evento do ano passado. Segundo Cancão, essa verba nunca foi repassada porque a prefeitura não teria entregue a documentação a tempo.

Garis e merendeiras

O líder da bancada citou ainda que a Justiça e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) já estão cientes de que a prefeitura terá de devolver aos cofres públicos quase R$ 1 milhão referentes ao São João de 2011, por desvio de finalidade, e do superfaturamento de 42% na logística (alimentação, transporte e hotel) dos artistas e bandas contratadas no ano seguinte. Cancão revelou que o empresário da dupla sertaneja Jorge e Matheus, por exemplo, teria embolsado R$ 45 mil.

Segundo o vereador, que foi respaldado pelo seu colega Geraldo da Acerola (PT), a grandiosidade do São João de Petrolina contrasta com a situação dos garis e merendeiras do município, que estão sem receber seus salários.

Não sou contra o São João. Pelo contrário, eu gosto. Mas não posso permitir que os garis estejam com seus salários atrasados há 45 dias e as merendeiras do interior não façam a merenda escolar porque o dinheiro está atrasado. Só se faz festa quando se tem condição de fazer. Depois dizem que a oposição é contra tudo. Não. Somos contra é esse descaso. Isso é falta de responsabilidade com o dinheiro público”, finalizou.

5 COMENTÁRIOS

  1. O senhor vereador deveria era fiscalizar o seu poder,pois todos nos corredores da câmara sabe que existe fantasma,em tudo que lugar,deve ser 50%,atirar nos outros é bom mas denunciar o seu proprio poder é ruim deve estar ganhando tbm, não só ele mas todos.

  2. e agora JOSÈ???JOSÈ para onde??? CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA,CADEIA.

  3. Apuradas pelo MP ? de que estado ? será do ceará? de Petrolina sei que eles não querem se meter…. Por isso a sociedade pesante não aceita poder investigativo do Ministério Público , para que?

    Onde é a cidade que ele atua como investigativo? menos em Petrolina ,!
    garanto…. e temos provas….. denuncias são apontadas e , são automaticamente arquivadas…
    só membros de outros orgãos podem pegar, menos …..

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome