Resultado definitivo da primeira avaliação do concurso para Guarda Municipal de Petrolina sairá no dia 6/08

3
Foto: Jonas Santos/PMP divulgação

O concurso público da Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina, realizado neste domingo (30/06), terá seu resultado definitivo da primeira avaliação divulgado no próximo dia 6 de agosto. Nessa mesma data também será publicado o edital de convocação para a prova de aptidão física, que deve ser realizada nos dias 24 e 25 de agosto. Também faz parte do concurso a avaliação psicológica, avaliação de saúde e investigação social e funcional.

O certame teve 15.162 inscritos. Os candidatos foram distribuídos em 35 locais para a realização da prova objetiva, que começou a partir das 15h e foi encerrada às 19h. O edital ofereceu 80 vagas, sendo 38 para ampla concorrência, duas para pessoas com deficiência e as outras 40 para formação de cadastro reserva.

A remuneração inicial de R$ 3.261,48 foi considerada um atrativo para Marilson Pereira, advogado, que veio de Irecê (BA) para fazer a prova. “Há dois anos comecei a estudar para concurso público, pois busco estabilidade. Vi nesse uma boa oportunidade e decidi tentar uma vaga”, disse o jovem.

Após a realização da prova objetiva, os candidatos devem estar atentos ao cronograma com as datas previstas para cada fase do concurso, uma vez que o candidato pode ser eliminado caso não as cumpra.

Tentativa de fraude

Como publicado por este Blog, o certame sofreu uma tentativa de fraude, mas a Polícia Civil (PC) conseguiu deter cinco suspeitos de envolvimento no esquema. Delegados que coordenaram a Operação ‘Test Failed’ (ou Teste Falho, em português) concederam uma coletiva de imprensa na manhã de hoje (1) sobre o assunto.

3 COMENTÁRIOS

  1. Não sei como o cara é excluído do e exército brasileiro e depois toma posse em um outro órgão federal?
    Estou falando do mala que foi preso ontem tentando fraldar o concurso da guarda.
    Ele pode ser tudo no mundo menos um professor.

  2. Eu que não consegui entender é pq ainda não canselou a prova,já que foi vazado fotos da prova,e quem garante que eram apenas esses 5 envolvidos? Eu acho que pra ser Justo deveria anular e fazer outra prova,e mostrar que é uma banca de responsabilidade!

  3. é claro e evidente que houve fraude, prejudicando assim, todos os inscritos que realizaram a prova com boa fé.

    Alegar que prenderam oito ou mais criminosos não anula o fato de que mais fraudadores puderam realizar a prova sem maiores problemas. Resumindo, e impossível aferir a “contaminação” e seus efeitos. O fato é que alguém vai se beneficiar em detrimento de outros milhares, como eu, que vem estudando desde o início do ano.

    Confiamos muito no posicionamento do MP/PE e da PMP na decisão de anular e remarcar o mais breve possível novas provas, para o bem de todos os inscritos e lisura do certame.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome