Representantes da prefeitura e da Compesa discutem medidas preventivas para evitar novos prejuízos na pavimentação de vias públicas de Petrolina

0
Foto: Ascom PMP/divulgação

A fim de evitar novos prejuízos na pavimentação asfáltica das vias públicas de Petrolina, a exemplo do ocorrido no último sábado (6) na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, representantes da prefeitura e da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) reuniram-se ontem (10) para debater a necessidade da identificação da tubulação das vias a serem pavimentadas ou duplicadas no município. No encontro, que ocorreu na Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra), foi solicitado à empresa a verificação de intervenções em locais onde a gestão irá iniciar novas obras.

Na ocasião estiveram presentes o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado; o secretário executivo de Infraestrutura, Anderson Freire; o gerente regional da Compesa, João Raphael de Queiroz; além de um representante da empresa CLC, vencedora do certame licitatório da duplicação da Estrada da Banana.

Mais uma vez nós, da prefeitura, nos antecipamos e solicitamos à Compesa que possa sondar possíveis problemas nos locais de obras que vamos iniciar. A Companhia se comprometeu em fazer uma avaliação para que posteriormente não tenhamos problema na execução e, principalmente, que a população não seja prejudicada. Já na semana que vem, devemos iniciar a obra de duplicação da Estrada da Banana e para que tudo ocorra dentro do cronograma, precisamos da cooperação da entidade estadual”, afirmou o gestor da pasta, Fred Machado.

Além da Estrada da Banana, foi solicitada à Compesa que possa checar também o percurso onde serão implantados cerca de 3,5 quilômetros de ciclovias nos bairros Henrique Leite e Jatobá. Nesta quinta-feira (11), o prefeito Miguel Coelho assina a Ordem de Serviço da obra no Fernando Idalino, às 18h. A implantação das ciclofaixas deve iniciar na próxima semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome