Relatório do São João 2014 tem atração de 600 mil e vereador denuncia:”Vamos encontrar irregularidades iguais aos anos anteriores˜

31

foto_FotorO vereador de Petrolina, Ronaldo Luiz de Souza, ‘o Cancão (PSL)’  já está de posse do relatório dos gastos com o São João 2014. E mais uma vez, se mostra assustado com atrações caríssimas como Jorge e Matheus que custou 600 mil reais e Gusttavo Lima que cobrou 450 mil. Isso por uma única apresentação dos artistas.

“Alguns artistas considerados locais ainda aparecem com preços exorbitantes, mas pagar 600 mil por uma apresentação enquanto faltam remédios e atendimentos para nossos cidadãos é uma loucura. Quem anda pelos bairros e pelo interior vê a situação de velhos e criancinhas que precisam de mais atenção. Anote ai. Esse São João também vai dar o que falar. Tem irregularidades ai exatamente como em anos anteriores˜, afirmou.

A soma, somente das atrações foi de R$ 3 milhões 559 mil e 700 reais.

31 COMENTÁRIOS

  1. Isso é o atestado de burrice de um povo que não sabe votar. Não procura saber como os políticos estão gastando o nosso dinheiro. Enquanto isso falta médicos, enfermeiros, um exame de sangue leva até 60 dias para sair o resultado, é muito difícil conseguir uma Ultrassonografia ou uma tomografia para salvar uma vida. ruas esburacadas, outras sem pavimentação, faltam semáforos em cruzamentos movimentados, rotatórias e passarelas em outras para evitar acidentes, escolas deficientes, estradas vicinais sem manutenção.

    • VIVA! VIVA O PREFEITO! CADA DIA MAIS RICO E POVO CADA DIA MAIS POBRE! VIVA O SÃO JOÃO! VIVA A MUSICA! VIVA OS TRIOS! VIVA A FESTA! REMEDIO? SAUDE? EDUCAÇÃO? SEGURANÇA? PRA QUE? O IMPORTANTE É SE DIVERTIR 10 DIAS DOS 360 DE DESESPERO QUE NOS TEMOS! VAMOS P/ ORLA SOLTAR FOGOS PQ ELE GANHOU SUPREMO TRIBUNAL ELEITORAL! ELE É O MELHOR PREFEITO DE TODOS OS TEMPOS.. PETROLINA TEM MUITAS COISAS GRAÇAS A ELE..EXEMPLO:A AME.. A NOVA SEMENTE..A AME..A NOVA SEMENTE..AH TEM A AME TB.E A NOVA SEMENTE.ESQUECI DE DIZER TEM A AME E A NOVA SEMENTE..VIU GENTE?! QUANTOS PROJETOS..VIVA O PREFEITOOO

  2. e os documentos roubados da prefeitura ? tá ruim ladrão roubando até os documentos da prefeitura, eita ladrão esperto tá querendo aprender outras formas de roubar sem ser preso. kkkkkkkkkkkkk

  3. Na minha opinião nenhuma festa deveria ser feita com recursos dos impostos pagos pelos contribuintes, pois a maioria das pessoas que pagam essas festas não participam deste tipo de evento, ou seja, pagam pra os outros se divertir. Quem quiser festa que pague bilheteria, pois festa é luxo, não é necessidade básica da população.

  4. Dinheiro proveniente do ministério do turismo, e não do ministério da saúde, portanto se veio dinheiro para fazer a festa deve ser aplicado na festa e não em posto de saúde senão é desvio de verba pública!

    • Quer dizer que dinheiro pra fazer festa tem, mas dinheiro pra mandar pra saúde não tem. Investir 4 milhões de reais em festa pode, em coisas muito mais importantes não pode.

  5. ESSE DINHEIRO É PUBLICO DOS NOSSOS IMPOSTOS QUE PAGAMOS AVISTA?
    MAIS NÃO ESTÃO NEM AI.AQUELA MUSICA,TOU NEM AI,TOU NEM AI,TOU NEM AI.
    NÃO DAR EM NADA:VEJAM SE MUDOU ALGUMA COISA:

    É de estarrecer: A Prefeitura de Petrolina e os valores superfaturados do São João 2013
    Postado em 5 de agosto de 2013 por Carlos Britto às 7:00 – 65 Comentários
    181239_615695101774933_1746855873_nA imprensa do Vale do São Francisco comentou, na semana passada, o valor altíssimo pago à dupla sertaneja Jorge e Matheus por uma apresentação: R$ 613,15 mil – bem mais que meio milhão por apenas uma atração, no momento em que a seca castiga impiedosamente o interior de Petrolina.

    Mas este Blog se aprofundou em minuciosa pesquisa e vai revelar agora detalhes ainda mais estarrecedores. Por solicitação da Câmara de Vereadores, a prefeitura respondeu requerimento e informou os valores pagos aos artistas que se apresentaram no São João de Petrolina, no último mês de junho.

    O Blog tem cópia do documento, enviado como resposta ao Requerimento N.º183/2013, assinado pelo Sr.Mário Ferreira Cavalcanti Filho, coordenador geral de Licitações e Convênios. Quem vê o documento se assusta com os exorbitantes valores que foram pagos, que são – sem sombra de qualquer dúvida – superfaturados, pois se revelam muito superiores aos que foram pagos a muitos dos mesmos artistas que se apresentaram por outras cidades nordestinas, na mesma época, a exemplo de Caruaru (PE) e Campina Grande (PB), conhecidas nacionalmente por realizarem as maiores festas de São João do Brasil.

    Publicamos abaixo o valor recebido (com poucos espaços em branco, quando não conseguimos o valor), no mesmo período para artistas que se apresentaram em Petrolina, Caruaru e Campina Grande, obtidos nos Portais de Transparências dos dois municípios e no Diário Oficial do Estado de Pernambuco.

    Artista Petrolina Caruaru Campina Grande
    Josildo Sá R$ 38 mil R$ 16 mil ——-
    Alcymar Monteiro R$ 170 mil R$ 65 mil R$ 60 mil
    Garota Safada R$ 254.500 R$ 130 mil ——
    Forró do Muído R$ 79 mil R$ 50 mil R$ 45 mil
    Forró Pegado R$ 84.400 R$ 72.500 R$ 60 mil
    Aviões do Forró R$ 279 mil R$ 175 mil R$ 120 mil
    Forró dos Plays R$ 71.900 R$ 50 mil R$ 40 mil
    Flávio Leandro R$ 46.267,87 R$ 30 mil ——-
    Targino Gondim R$ 62.431,54 R$ 40.000,00 ——–
    Outra contratação que chama a atenção é da dupla César Menotti e Fabiano. No São João, eles se apresentaram na cidade por R$230,1 mil, tendo sido contratados no mesmo período em Afrânio e na Vaquejada de Petrolina por R$150 mil.

    Destaque ainda para Jorge e Matheus, contratados por R$613,15 mil, e Gustavo Lima por R$449, 85 mil; Chiclete com Banana, R$417,5 mil; Munhoz e Mariano, R$281.2 mil; Leo Magalhães, R$202,3 mil; Calypso, R$129 mil; Tayrone Cigano, R$102,9 mil; Desejo de Menina, R$115,8 mil; Vicente Nery, R$124 mil; Israel Noves, R$197,45 mil; Estakazero, R$77,99 mil; Brasas do forró, R$70 mil; Luan Estilizado, R$34,5 mil; Calango Aceso, R$57,3 mil; Louro Victor R$63,4 mil; Ytallo e Maciel, R$28.112,45; Pega Leve, R$28.112,45; Irah Caldeira R$18 mil; Tom Bahia e Ailton Barone R$14.968,97; e Edson e Bruno, R$14.968,97.

    Respondendo ao Blog, empresários da área afirmam que o cachê na praça de Jorge e Matheus seria no máximo de R$300 mil. O de Chiclete com Banana também é de R$300 mil. Luan Santana, que estaria no mesmo patamar de Jorge e Matheus, foi contratado em Caruaru por R$335 mil.

    Fazendo ainda outros comparativos, existe pagamento por parte da Prefeitura de Campina Grande para contratação de vários artistas, tudo num só empenho, para Luan Promoções e Eventos Ltda, no valor de R$565 mil, pagando cachê de Arreio de Ouro, Banda Magníficos, Calypso, Forró da Curtição, Wesley Safadão e Garota Safada, Gabriel Diniz, Forró na Farra, Luizinho Calixto, Zé Ramalho e Geraldinho Lins, num total de 11 artistas de renome. Só o cachê em Caruaru, de Zé Ramalho, foi de R$155 mil. Em Petrolina, somente para o pagamento de dois destes artistas, ou seja, Calypso e Garota Safada, foi pago o valor de R$383,5 mil.

    No total foram pagos pelo município, segundo a informação oficial da Prefeitura de Petrolina, o valor de R$4,263 milhões.

    Acontece que, somando-se cada um dos valores pagos, obtém-se o valor de R$4.476.917,25, com diferença não justificada de R$213.862,25.

    Em Caruaru, foram contratados 62 artistas de renome, pelo valor total de R$3,255 milhões. Em Petrolina, foram consumidos R$4.476.917,25, para contratação de somente 32 artistas. Em Caruaru, são 30 dias de festas. Em Petrolina, foram somente 10 dias.

    Levados em consideração os preços médios das contratações de Caruaru, que ficaram por R$52.511, Petrolina poderia ter feito a contratação de 32 atrações pelo montante de R$1.640.977, o que importaria num superfaturamento de R$2.835.940,25.

    Com tudo que apresentamos aqui, podemos chegar à conclusão que Petrolina é o paraíso dos artistas, ou das empresas intermediadoras, que conseguem pagamentos bem acima dos praticados pelas outras principais cidades no período de São João.

    Já se comenta na Câmara de Vereadores a possível abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apuração das irregularidades e superfaturamentos praticados. O Blog lembra ainda que esse é um assunto que se repete, uma vez que o mesmo tipo de problema já havia ocorrido nos anos de 2011 e 2012 e já é motivo de auditoria especial no Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), além de motivo de apuração do Ministério Público (MPPE).

    Sobre essas investigações, alguns artistas consultados pelo TCE, quanto ao São João de 2011, informam que receberam cachês até seis vezes menores dos que informados como contratados pelo município de Petrolina.

    Outras informações dão conta que a Polícia Federal (PF) já se movimenta para a apuração dos fatos, atendendo requisição de órgão federal, em inquérito, pois existem recursos da União em jogo, já que o Ministério do Turismo e a Caixa Econômica Federal repassaram patrocínios.

    Uma fonte do Blog também garante que os fatos estão sendo denunciados para apuração junto à Corregedoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF), Tribunal de Contas da União (TCU) e TCE-PE.

  6. Com certeza absoluta as contas públicas devem ser investigada e mostradas ao povo, mas o Vereador se quisesse fazer uma denuncia mais séria, deveria publicar os Relatórios dos três últimos prefeitos. Aí sim, poderíamos comparar os valores pago.

  7. EU ACHO É POUCO! CADA POVO TEM O GOVERNANTE QUE MERECE! QUEM MAIS SOFRE SÃO OS QUE VÃO VOTO A ELE MESMO. DEIXA JULIO AI NA PREFEITURA, DEIXA COMO TA, PETROLINA SE ACABANDO, A SAUDE ENTREGUE, A EDUCAÇÃO UM FIASCO, MAS DEIXA JULIO AI! DEIXA AI QUE TA TUDO CERTO. E VIVA O SÃO JOÃO..E VIVA JORGE E MATEUS CADA VEZ MAIS RICOS (NÃO QUE ELES TENHAM CULPA) E VIVA A FESTA! QUANDO ALGUEM PRECISAR DE SAMU, DE POSTO DE SAÚDE! COMPRA UM CD DE FORRÓ QUE CURA TUDO!

  8. Acabo de notar o poder da revolta na internet, sob a alcunha do anonimato, justamente nesta época o anos passado um grupo de manifestantes tomou a prefeitura, cerca de 30 tidos como “VAGABUNDOS” por quem não tinha coragem e atitude para fazer o mesmo, 30 jovens, 30 utópicos, 30 lutadores, 30 esperançosos, 30, apenas 30 que não se venderam, 30 que não se renderam enquanto havia forças, descobriram que a democracia os tornava na verdade em 30 inúteis, 30 insignificantes, o prefeito os tomou como 30 párias, 30 alvos a serem derrubados, a sociedade não os apoiou, viraram 30 colunas sem profundidade, o leve sopro da agressividade imposta pelo administrador do município serviu como um conselho de que a luta não valia a pena.
    Agora olha só o tom de revolta desse povinho hipócrita, que se limita a tentar resolver tudo virtualmente sentado em suas poltronas da luxuria e da ostentação que não perderam 01 dia do evento superfaturado e milionário que perduraram 10 dias.
    Se ponha no seu lugar de verme, e aceite, sua culpa já foi estabelecida, não adianta se limpar com revoltasinha on line, tem que ser muito mais que isso pra ser cidadão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome