Regulamentação do serviço de vans e táxis em Petrolina ganha integração de transporte rural e urbano

1
(Foto: Jonas Santos/Ascom PMP/Divulgação)

Além de anunciar a renovação da frota de ônibus, o prefeito Miguel Coelho também está ampliando as melhorias no transporte complementar de Petrolina. Nesta quinta-feira (12), o gestor assinou três importantes decretos que trazem as regras de circulação para cerca de 300 táxis e quase 200 vans, que até então, atuavam sem a devida regulamentação.

Os documentos foram assinados durante cerimônia realizada no Sesi, que contou com a presença de representantes da Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA) e das associações das categorias. Com a novidade, a AMMPLA terá condições de melhor fiscalizar os serviços e assim garantir mais segurança aos usuários.

Durante o evento, o gestor destacou que um dos principais pontos da regulamentação diz respeito à implantação da bilhetagem eletrônica que vai facilitar o transporte da população. “O que estamos fazendo com essa possibilidade da integração do transporte rural ao urbano é garantindo um maior fluxo de passageiros porque a partir de agora o trabalhador vai poder ter uma maior economia ao circular pela cidade. Não é apenas um decreto, é uma nova fase no serviço de transporte público que culmina com a chegada de novos ônibus para trazer dignidade aos petrolinenses“, disse.

O objetivo é que, em breve, os usuários da área rural possam integrar o serviço aos ônibus da área urbana.

Normas

Entre as regras para atuar como taxista em Petrolina estão: possuir habilitação nas categorias B, C, D ou E; concluir cursos específicos de acordo com parâmetros do Contran e da AMMPLA; ser titular de certificação expedida pela Autarquia Municipal; e conduzir veículo com as características exigidas pelas autoridades de trânsito e inspecionado pela AMMPLA, anualmente, entre outros.

Já os interessados em atuar no transporte complementar rural devem estar cadastrados junto à AMMPLA. O cadastro é individual e o autorizado ou substituto deve fazê-lo anualmente, mediante a apresentação de documentos como habilitação, identidade, CPF e requerimento à diretoria da AMMPLA.

1 COMENTÁRIO

  1. Já que falaram da AMMPLA, gostaria de pedir que a mesma fiscalizasse esses micro ônibus e as vans , aqui na área do polo médico. Os motoristas não tem respeito nenhum com o trânsito, param no meio da rua para pegar e deixar passageiros, muitas vezes na frente do Neurocárdio fica um inferno , nenhum carro consegue passar. Eles param em fila dupla e põe em risco a vida de outras pessoas. Eu vejo vários guardas de trânsito na av Souza Filho de braços cruzados, enquanto aqui e na praça do galo, fica intransitável, eles se sentem os donos da situação! Por favor, fiquem aqui pelo aos menos no horário das 07:00 ás 09:00 e final da tarde, e vejam que falo a verdade!!

Deixe uma resposta para Tereza Cristina Cancelar resposta

Comentar
Seu nome

13 + cinco =