Rede materno-infantil do norte baiano ganhará reforço de 100 novos leitos, segundo governo estadual

1
Foto: Ascom GOVBA/divulgação

A rede materno-infantil no Norte da Bahia terá o reforço de 100 novos leitos – sendo 10 UTIs Neonatais no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), que é referência para mais de 500 mil habitantes. Os equipamentos serão construídos ainda no primeiro semestre deste ano. A previsão do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que inspecionou a unidade nesta terça-feira (2), foi compartilhada com os 10 secretários municipais da região durante um encontro para apresentar a estrutura, serviços, fluxos e canais de comunicação disponíveis da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) com as prefeituras.

“A ideia é facilitar ao máximo a comunicação entre a esfera estadual e municipal a fim de que a população, sobretudo neste momento de pandemia, tenha a assistência à saúde necessária“, ressaltou o titular da pasta estadual da Saúde, ao pontuar ainda que ao término da ampliação, o HRJ terá 270 leitos entre clínicos e de UTI, sendo um dos maiores da Bahia. “O governador Rui Costa tem investido na ampliação e descentralização de estruturas e serviços de alta complexidade em todas as regiões, em especial nas áreas de cardiologia, neurocirurgia, oncologia e materno-infantil”, afirma Vilas-Boas.

Entre as intervenções previstas, destaque para a implantação de uma emergência obstétrica, um centro obstétrico, leitos de UTI Neonatal e um banco de leite. “Progressivamente buscamos que o hospital seja 100% resolutivo. Estamos trabalhando para que os pacientes tenham seus problemas resolvidos aqui, sem a necessidade de transferência“, ressalta o secretário.

Recentemente, o Estado inaugurou o Hospital do Câncer de Juazeiro, que é uma estrutura anexa ao HRJ e teve investimento superior a R$ 30 milhões – entre obras e equipamentos. “Aqui oferecemos atendimento a pacientes com todos os tipos de câncer e em todas as fases da doença, desde o diagnóstico, passando pela cirurgia e o tratamento. Em breve estará disponível o primeiro serviço de radioterapia e braquiterapia do interior baiano”, ressalta o secretário. O acelerador linear, equipamento utilizado no tratamento radioterápico, será instalado na unidade e tem capacidade para realizar 43 mil sessões de radioterapia por ano.

Vacinação

A região de Saúde de Juazeiro, que contempla ainda os municípios de Campo Alegre de Lourdes, Canudos, Casa Nova, Curaçá, Pilão Arcado, Remanso,  Sento Sé, Sobradinho e Uauá já imunizou 57,42% do público-alvo contra a Covid-19. No entanto, três municípios já ultrapassaram a casa dos 80%: Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova e Pilão Arcado. Os dados estão disponíveis no painel da Sesab, que possibilita aferir o quantitativo de doses distribuídas e aplicadas em todos os 417 municípios da Bahia.

1 COMENTÁRIO

  1. É gritante a diferença de investimento do Governo da Bahia em Juazeiro, em comparação com o Governo de Pernambuco em Petrolina. É só ver quantas vezes secretários baianos e o governador Rui Costa estiveram na cidade vizinha anunciando e inaugurando obras nos últimos 6 anos. Agora compare com os secretários pernambucanos e o governador Paulo Câmara no mesmo período, e chegarão a conclusão que estes poucas vezes pisaram o pé na nossa cidade para anunciar obras e muito menos para inaugurá-las.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome