Recife vai na contramão do país e diminui número de desempregados

por Carlos Britto // 20 de fevereiro de 2009 às 18:45

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a taxa de desocupação das pessoas economicamente ativas do mês de janeiro no Brasil. O número divulgado pelo instituto foi de 8,2%, ou 1,9 milhão de pessoas desempregadas. O percentual é 1,4% maior do que dezembro do ano passado. Nas seis capitais pesquisadas, sendo elas São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre, apenas o Recife conseguiu terminar o primeiro mês de 2009 com o indicador negativo em 1,5% em relação a dezembro de 2008, o que significa que ao invés de diminuir os postos de trabalho, a capital foi na contramão do resto do Brasil e aumentou o número de trabalhadores empregados.

Uma das pessoas que conseguiu emprego no mês de janeiro foi a vendedora Rafaela Rendson, de 22 anos. Após oito meses desempregada, ela conseguiu passar na seleção de uma loja de produtos que comercializa produtos para cabelos. “Passei oito meses sem emprego, mas parece que passei uma eternidade. Acho que o mês de janeiro foi muito bom não só para mim, mas para muita gente, pois muitos amigos meus conseguiram se empregar nos últimos dias”, afirmou.

A vendedora Rosilene das Neves, de 30 anos, se sentiu aliviada quando soube que voltaria a trabalhar após sete meses e meio sem conseguir emprego. “Tenho uma filha de 13 anos e passar todo esse tempo sem conseguir trabalhar foi um fardo. Estou no período de experiência, mas estou fazendo de tudo para aproveitar a oportunidade”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *