Receita libera consulta às declarações da malha fina do IR 2007

por Carlos Britto // 17 de dezembro de 2008 às 23:50

SÃO PAULO – A Receita Federal liberou, nesta quarta-feira (17), a consulta a mais um lote residual do IR 2007 (ano-base 2006). O dinheiro estará disponível para saque na rede bancária a partir de 24 de dezembro.

A correção, para quem está no lote, é de 19,01%, referente à taxa de juros Selic.

Das 101.148 declarações que serão liberadas, 52.115 terão imposto a pagar e 26.436, saldo de imposto a receber, sendo que os valores correspondem a mais de R$ 265,734 milhões e R$ 58,757 milhões, respectivamente. Outros 22.597 contribuintes não possuem saldo de imposto a pagar ou a restituir.

Consulta e liberação

Quem quiser consultar se sua declaração está entre as liberadas deve acessar o site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o telefone 146.

Os valores estarão disponíveis para saque na conta-corrente informada na declaração ou no Banco do Brasil (BB), onde o contribuinte poderá solicitar a transferência para qualquer agência, ou pelos telefones 4004-0001 (capitais) ou 0800-729-0001 (demais localidades).

A restituição ficará disponível no banco durante um ano e, se o contribuinte não resgatá-la neste prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, disponível no site da Receita.

IR 2004 e 2005

Vale lembrar que, na última sexta-feira (12), foi disponibilizada a consulta às declarações do IR 2004 retidas em malha fina. Estão neste lote residual 8.496 contribuintes, dos quais 3.552 têm saldo de imposto devido e 3.711, imposto a restituir, ambos com correção de 64,87%. O dinheiro da restituição será depositado no próximo dia 22.

Além disso, na última terça-feira (16), foi disponibilizada a consulta às declarações retidas do IR de 2005. Neste lote, 43.278 terão imposto a pagar e 10.834, saldo de imposto a receber. Outros 5.694 contribuintes não possuem saldo de imposto a pagar ou a restituir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.