Realizada primeira etapa do Projeto de Arborização Urbana de Juazeiro

0

projeto-arborizacao

Foi iniciado ontem (23), no bairro Cajueiro, o Projeto de Arborização Urbana de Juazeiro (BA), iniciativa desenvolvida pela Coelba em parceria com o Instituto MARI, Prefeitura Municipal de Juazeiro, Agrovale e a comunidade. O Projeto utilizará espécies nativas, a exemplo do imbiruçu, craibeira, baraúna e imburana-de-cheiro.

O plantio foi iniciado após apresentação dos idealizadores e apoiadores do projeto à comunidade que se fez presente e ajudou a plantar e regar. Nesta primeira etapa foram plantadas 44 árvores de porte médio e grande. As mudas foram produzidas no viveiro de mudas nativas sediado na Coelba.

O projeto tem como objetivo aumentar a qualidade de vida na cidade através do plantio de árvores adequadas ao convívio com a rede elétrica. O primeiro passo foi um diagnóstico qualitativo e quantitativo da arborização do bairro Cajueiro. Foram produzidas mudas de espécies nativas do Bioma Caatinga a partir de coletas de sementes em Juazeiro, Petrolina e região. As sementes coletadas foram submetidas a tratamentos de quebra de dormência e semeadas no Viveiro de Mudas Nativas, localizado na Coelba de Juazeiro, construído para atender ao Projeto. A seleção das espécies levou em consideração a capacidade de adaptação na cidade, desenvolvimento no local de plantio, além de características como porte, sistema radicular e suas características fenológicas. Todo esse cuidado, visando o sucesso do desenvolvimento das mudas no meio urbano.

O Projeto Piloto de Arborização Urbana em Juazeiro está sendo realizado em cumprimento à condicionante ambiental da Linha de Distribuição de 69 kV Juazeiro II/Salitre III. O projeto foi uma idealização do Projeto MARI, uma Organização Não Governamental (ONG), que tem como finalidade cuidar da urbanização na cidade que, em parceria com as demais instituições, absorveram o projeto e após estudos na cidade resolveram iniciar pelo Bairro Cajueiro. Outras localidades da cidade serão contempladas. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome