Ranilson Ramos é eleito novo presidente do TCE-PE

por Carlos Britto // 24 de novembro de 2021 às 18:48

Foto: Reprodução

O conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Ranilson Ramos, foi eleito, por unanimidade, novo presidente da instituição para o biênio 2022-2023. A conselheira Teresa Duere será a nova vice-presidente.

A sessão também escolheu o conselheiro Valdecir Pascoal para a Corregedoria, o conselheiro Carlos Porto para a diretoria da Escola de Contas, o conselheiro Carlos Neves para a Ouvidoria, e os conselheiros Marcos Loreto e Dirceu Rodolfo para as presidências da Primeira e Segunda Câmara, respectivamente.

Na ocasião, o presidente da Casa, conselheiro Dirceu Rodolfo de Melo Júnior, parabenizou os eleitos, em especial Ranilson Ramos. “Quero deixar claro meu apoio incondicional à nova gestão. Ranilson carrega grandes qualidades, objetivas e subjetivas. Tenho certeza que será um condutor seguro no próximo biênio”, afirmou.

Emocionado, Ranilson agradeceu a cada membro do Conselho, além de assessores e advogados presentes, e apontou como um dos principais objetivos de sua gestão o de colaborar para que a gestão pública em Pernambuco seja referência. Para isso, destacou ele, é importante que a construção ocorra sem medo da divergência e com base no diálogo.

Trajetória

Ranilson Ramos é natural de Orocó (PE), Sertão do São Francisco. É Bacharel em Economia (1999) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ingressou no TCE-PE nomeado para o cargo de Conselheiro, Ato nº 2395, de 14 de maio de 2013, pelo então governador Eduardo Campos.

No TCE-PE ele foi vice-presidente (2020), diretor da Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (2018-2019), Ouvidor (2016-2017), presidente da 1ª Câmara (2014-2015) e presidente da 2ª Câmara (2013).

Na política ele foi secretário de Agricultura e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (2010-2013); presidente da Agência Reguladora de Pernambuco (2007-2010); coordenador de Programas de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia (2005); diretor comercial do Lafepe (2003-2004); deputado estadual (1987-1990; 1995-1998; 1999-2002); e vereador de Petrolina (1983-1986).

Ranilson Ramos é eleito novo presidente do TCE-PE

  1. Francisco disse:

    Enquanto os pobres e as demais pessoas batalhadoras têm que estudar (e muito) para entrarem no serviço público, os amigos do rei entram na amizade em cargos vitalícios, com os maiores salários do Estado. Ou o povo toca fogo nesse país ou a malandragem vai continuar reinando. Pelo campo da política vejo que não tem mais jeito, uma vez que os corruptos a dominam e legislam em causa própria, a fim de dar cobertura às suas corrupções. Precisamos fazer alguma coisa, de modo a não sermos lembrados só na hora da compra do voto e de pagar tributos.

  2. Petrolinense nato disse:

    Falou a pura verdade Francisco.

  3. JOTHA SILVEIRA disse:

    ESSA PILANTRAGEM SÓ IRÃO MUDAR QUANDO O POVO FOR CONCIENTE,QUE O POVO É QUE TEM O PODER DA MUDANÇA.

  4. Bosco disse:

    Infelizmente o país num td é governado por quadrilha. Milícias e ETC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *