Rampa danificada em rua da Areia Branca é mais um desafio para cadeirantes

0

Se os obstáculos à mobilidade urbana de Petrolina vêm tirando do sério há muito tempo os pedestres, o que falar então de quem tem limites de mobilidade? É o caso dos cadeirantes, que reclamam da qualidade do acesso a calçadas. E eles não estão errados.

Uma prova disso foi registrada pela equipe do Blog na Rua da Polônia, Bairro Areia Branca, zona norte da cidade. A rampa, que deveria facilitar o acesso desse público, está bastante danificada. Dificilmente um cadeirante, sem ajuda de outra pessoa, conseguiria subir. Haja bronca.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome