Protesto de moradores do João Paulo II interdita entrada do bairro

por Carlos Britto // 21 de abril de 2009 às 07:30

Moradores do João Paulo II, na sua maioria jovens, resolveram no início da noite desta segunda-feira (20), protestar contra o abandono do bairro.

Incendiaram duas dezenas de pneus na entrada do bairro e colocaram uma faixa irônica saudando “a excelente pavimentação e o trabalho sério dos vereadores.

À vista de uma viatura policial, os jovens gritavam palavras de ordem cobrando a presença e a atuação dos vereadores eleitos pelo bairro (Jane e Mozaniel).

Um dos jovens, Marcilio Rocha, diz que mora há mais de dez anos no bairro e diz que a situação é “insuportável”: “Não temos iluminação, não temos água e a entrada do bairro está desta forma”.

“Esta é a primeira das manifestações” – diz outro jovem – “Vamos protestar até que esse prefeito que prometeu mudanças olhe por nosso bairro”.

Recebido com vaias, o presidente do bairro, Claudio, não quis se pronunciar.

Fonte: A notícia do Vale

Protesto de moradores do João Paulo II interdita entrada do bairro

  1. Gillima disse:

    Caros moradores do João Paulo II

    Cobrem também do secretário Flavio Luiz, Secretário de Obras, pois para isto existem os secretários, para assessorar o prefeito municipal e procurar solucionar os problemas dos bairros. Cadê o secretário???
    Temos mais bairros nesta situação. Visite o Piranga II…Passei por um espaço que há 10 anos vejo falar que seria construída uma praça, e lá estavam vacas e bodes bebendo água do esgoto a céu aberto. A igreja foi construída recentemente e segundo um morador, estão esperando há 10 anos a prefeitura construir a praça.
    Sr.Isaac, aperte o cinto do Flávio Luiz e faça com que ele te assessore realmente. São muitos os problemas existentes e você precisa de secretários que realmente cumpram seu papel.

  2. Feeling disse:

    Um bairro gigantesco como esse merecia mais atenção mesmo. Lá é horrivel, uma porcaria, odeio aquele bairro… existem canos para serem usados como quebra-molas…é quase inevitável tropeçar nas pedras e buracos no que eles insistem em chamar de ruas! Mas a população de lá tbm não ajuda, existe muita gente mal educada. Acho um tanto injusto culpar o novo prefeito ainda pelas irregularidades, os Outros acabaram com o lugar e deixaram a bomba acesa, mas também acho que não adianta cruzar os braços então vamos ver o que o PC do B vai fazer!

  3. observador disse:

    Taí a MUDANÇA tão propalada. Que prefeito maravilhoso em Feeling jua esta entregue as baratas, os buracos tomam conta da cidade que esta praticamente intransitável. Não é só o Joao paulo não, tentem entrar na Piranga pra ver. É inacreditável essa situação.

  4. Marcio Silva disse:

    Falar mau de um governo que só tem quatro meses é muita maldade,vcs já esqueceram que os dois últimos cidadões que governaram esta terra por longos 8 anos cada um, o que foi feito palo j. paulo ll, um saneamento fantasma, que o município paga até hoje. Deixa o homem trabalhar pessoal. E falando de homem, o secretário Flávio Luiz é CARA, gosta de trabalhar.Vamo dar um pouco de crédito pra ele também.

  5. Ligia disse:

    Prezado Marcio silva – esse mesmo Flavio Luiz que você diz ser “o cara”, foi secretário de planejamento na primeira Gestão de Joseph, que vc tmb diz que não fez nada em dois mandatos. Quanta incoerência sua, não!!!!! Posto que sua colocação quer dizer que “O cara” não fez nada quando foi secretário numa outra ocasião….
    Concordo com você, é cedo para falar mal do atual prefeito….muito cedo. Mas, me diz uma coisa, quando é mesmo que se pode cobrar??? No final da administração??? Aí não dá mais tempo para reparar nada….

  6. Gilima disse:

    Dona Lígia,
    Com quatro meses de mandato, o prefeito Isaac Carvalho está colocando a casa em ordem, ou melhor, começando a reparar os estragos feitos pelas duas administrações anteriores, ou seja, Joseph e Misael. E olha que os estragos foram GRANDES!
    Aguarde para ver as mudanças que vem por aí…Juazeiro agora tem um PREFEITO que está do lado e a serviço do povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *