Projeto de extinção das faixas salariais dos militares é aprovado por comissões da Alepe

por Carlos Britto // 18 de abril de 2024 às 12:00

Foto: Reprodução Folha PE

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) deu um passo significativo nesta quarta-feira (17) em relação ao projeto de extinção das faixas salariais dos policiais militares e bombeiros do Estado. A proposta, que ainda precisa ser votada no Plenário da Casa, foi aprovada tanto na Comissão de Finanças quanto na de Administração.

Na Comissão de Finanças, a aprovação veio após intensos debates, com um placar apertado de 5 a 4. A presidente do colegiado, Débora Almeida (PSDB), deu o voto de desempate. O relator, Diogo Moraes (PSB), sugeriu manter o aumento salarial proposto pelo Governo, de 3,5% em 2024 e 2025, e mais 3% em 2026, além de antecipar o fim das faixas salariais para junho de 2025.

Já na Comissão de Administração, a matéria foi aprovada por unanimidade. O relator, Joãozinho Tenório (PRD), endossou o texto enviado pelo Poder Executivo, que determina o escalonamento do fim das faixas até 2026.

O projeto ainda passará pela Comissão de Segurança Pública da Casa. Em seguida, será votado no Plenário, onde precisa da maioria absoluta para ser aprovado, ou seja, 25 votos favoráveis. A Alepe tem 49 deputados.

Impacto

O fim das faixas salariais terá um impacto financeiro significativo para o governo do Estado, estimado em R$ 97 milhões este ano. Em 2025, o valor previsto é de R$ 293,4 milhões, e no ano seguinte, R$ 610,4 milhões.

A decisão tomada na Alepe tem implicações profundas, não apenas para os policiais militares e bombeiros de Pernambuco, mas também para a população do estado. A medida pode afetar a segurança pública e a economia do estado, e é importante que os cidadãos estejam cientes dessas possíveis consequências. (Com informações da Folha/PE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Um Petrolinense real, assim foi Fernando, pois uns chamado carinhosamente de besourinho. Eu me lembro muito bem do SAMBOSSA, Fernando,…