Professores e técnicos do IFBA em Juazeiro paralisam atividades para analisar projeto ‘Escola sem Partido’

3

paralisacao-ifba-juazeiro

Professores e técnicos administrativos em educação do IFBA/Campus Juazeiro paralisaram ontem (13) as atividades letivas, seguindo uma ação do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinafese). O objetivo foi o de discutir o projeto de lei ‘Escola sem Partido’.

Os educadores analisaram o documento como “símbolo de mordaça à liberdade inerente à construção do conhecimento, já que limita e emperra a expressão e discussão democrática de ideias, tendo em vista o pluralismo sociocultural que permeia a atividade profissional” da cate. Ainda foram temas do encontro o Projeto de Lei Complementar (PLP) 257 e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241.

3 COMENTÁRIOS

  1. Não cheguei a ler o projeto direito, mas já o vejo como retrocesso pela insegurança jurídica que isso pode provocar. Acredito que a escola não deva ter partido, ideologia política ou religiosa. Mas impedir que o professor expresse sua opinião sobre determinado assunto político é atropelar a liberdade de expressão garantida pela constituição. Nestes casos, o bom senso das pessoas deve prevalecer.

  2. ESCOLAS DA BAHIA PRINCIPALMENTE ESTÃO JOGADAS E CHEIAS DE PROFESSORES COM IDEIAS DE COMUNISTAS E O GOVERNO TAMBÉM SEM COMPROMISSO E FAZ DE CONTA, APROVAM TODO MUNDO E UM MONTE DE ESTUDANTES PASSANDO SEM AO MENOS SABEREM LER. É UMA PIADA ESSE ENSINO DA BAHIA E SE NÃO MUDAR GOVERNOS E ENTRAR ALGUEM COM IDEIAS DE PROGRESSO E DO BOM CAMINHO E VISÃO DE FUTURO TEREMOS UMA GRANDE MASSA DE ANALFABETOS FUNCIONAIS E GENTE DESPREPARADA PARA TUDO, COM TITULOS E DIPLOMAS MAS SEM CONDIÇÕES DE EXERCER NADA .

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome