Professores da Uneb podem entrar em greve por tempo indeterminado

0

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) podem deflagrar greve por tempo indeterminado. Uma assembleia marcada para acontecer nesta quinta-feira (17), às 14h, no auditório da instituição em Salvador, discutirá sobre o indicativo de greve da categoria, o que significa o primeiro passo para a deflagração do movimento paredista. Entre as reivindicações estão recomposição salarial, reajuste linear, direito trabalhistas e melhores condições de trabalho.

De acordo com o Sindicato dos Docentes da Uneb (Aduneb), como de costume, todos os professores filiados ao sindicato, que se deslocarem dos campi do Interior para a assembleia docente na Capital, terão os custos das passagens terrestres reembolsados. Para tanto é necessário apenas avisar a Aduneb com 24 horas de antecedência à realização da atividade, pelo e-mail aduneb@aduneb.com.br. A diretoria do sindicato informou ainda que a assembleia não poderá ser transmitida por videoconferência aos campi do Interior, pois o sinal disponibilizado pela Uneb já será utilizado em outra atividade da universidade.

A Aduneb também disse que, desde 19 de dezembro do ano passado, o Movimento Docente das Universidades Estaduais da Bahia (Ueba) tenta iniciar a negociação da pauta de reivindicações. “Apesar de receber os professores, os representantes de Rui Costa dizem ‘não’ como resposta e afirmam não estarem autorizados a negociar”, ressalta o sindicato. Com a palavra, o Governo da Bahia. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome