Professor Gilmar Santos diz respeitar decisão do TRE-PE sobre contas de sua campanha, mas garante que recorrerá

3

Sobre o pedido do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) pela reprovação de suas contas de campanha, o vereador Professor Gilmar Santos (PT) se pronunciou na tarde desta sexta-feira (5), por meio do Mandato Coletivo. Em nota, Professor Gilmar reconhece um equívoco referente a uma pequena quantidade de recursos quanto a serviços de internet. O petista disse respeitar a decisão, mas descarta ter ocorrido “uso abusivo de poder econômico”. Ele aguardará o posicionamento do Ministério Público Eleitoral (MPE) para, caso seja necessário, tomar todas as medidas para defender seu mandato.

Confiram a íntegra da nota:

NOTA OFICIAL

O Mandato Coletivo, representado pelo vereador, professor Gilmar Santos (PT), vem comunicar à população de Petrolina que durante a prestação de contas dos recursos utilizados na campanha eleitoral, houve questionamentos da Justiça Eleitoral sobre alguns itens, os quais foram devidamente respondidos ao órgão.

Ao longo do pleito, tivemos o maior cuidado em apresentar o máximo de informações necessárias à Justiça, cumprindo com as nossas responsabilidades quanto à transparência relativa ao uso de recursos no pleito.

Porém, diante de uma série de exigências estabelecidas pela legislação eleitoral, houve equívoco da nossa parte na utilização de uma quantidade de recursos muito pequena quanto aos serviços de internet para a campanha.

Conforme parecer do corpo técnico da 45ª Zona Eleitoral de Petrolina, publicado ontem, dia 04, diante de apenas um item (recursos utilizados com a internet) há posição pela reprovação das nossas contas. Respeitamos a posição da equipe técnica, mas aguardamos a posição do Ministério Público Eleitoral e, caso necessário, utilizaremos todos os recursos legais disponíveis para defender o nosso mandato, eleito pela vontade popular e que está longe de qualquer intenção ou prática de uso abusivo de poder econômico.

Seguiremos confiantes, tendo em vista uma decisão positiva da Justiça, e continuaremos com a nossa disposição na defesa de direitos para a população de Petrolina.

Atenciosamente,

Vereador Prof. Gilmar Santos/Mandato Coletivo – PT

Petrolina-PE, 05 de fevereiro de 2021.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome