Produtores de uvas de Petrolina enfrentam prejuízos por conta das chuvas

por Carlos Britto // 30 de novembro de 2022 às 20:30

Foto: CLAS Mk/divulgação

Produtores de uva em Petrolina relataram grandes prejuízos por conta das chuvas intensas que caíram por mais de três horas na última segunda (28) e na tarde de terça-feira (29) na região, causando a derrubada de parreiras.

Além das parreiras caídas, outra preocupação dos produtores é com a quantidade de frutas perecendo, sem ter como serem colhidas ou apodrecendo por conta das pragas e doenças que se estabelecem no período chuvoso.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR), Jailson Lira, cerca de 2 mil fruticultores, somente em Petrolina, contabilizaram prejuízos com as últimas chuvas. “Além do aumento das pulverizações para o combate de pragas e doenças, e a execução do serviço de drenagem, o produtor de uva tem ainda que investir em cobertura dos parreiras e comprometer boa parte dos ganhos com as despesas de pessoal e os aumentos constantes do preço dos insumos agrícolas “, informou.

De acordo com o aviso do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) até sexta-feira (2/12) Petrolina está entre as cidades das regiões pernambucanas que seguem sendo atingidas por chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, além de ventos intensos (60-100 km/h).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.