Prodecon notifica Compesa após dezenas de bairros de Petrolina ficarem sem água em pleno dia de Natal

3
Foto: Ascom PMP/divulgação

Diante do mais recente cenário de desabastecimento em Petrolina, o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) notificou na manhã desta quinta-feira (26) a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) devido à falta d’água que atingiu quase 60 bairros de Petrolina, sem comunicação prévia por parte da empresa. Segundo o diretor-presidente do órgão vinculado à prefeitura, Dhiego Serra, o Código de Defesa do Consumidor determina a qualquer empresa ou companhia que preste algum tipo de serviço para o funcionalismo público ter a capacidade de fornecê-lo de forma adequada, eficiente, segura e contínua.

Essa é uma situação que vem se repetindo com frequência no município. Porém, desta vez, a situação foi muito crítica. Além do período de dois dias e a quantidade de bairros sem o abastecimento, muitos petrolinenses foram prejudicados em suas tradicionais comemorações de Natal e isso é uma falta de respeito com os consumidores”, frisou.

A Compesa tem um prazo de até dez dias para apresentar os esclarecimentos. A multa poderá chegar a mais de R$ 2 milhões.

3 COMENTÁRIOS

  1. Compesa nao respeita a Justiça….Ela cobra pelo metro cubico aqui o mesmo preço do Recife, Recife capta agua longe da Capital e Petrolina temos agua do Rio beirando a Cidade …. A agua de Petrolina e a mais cara do Brasil e ainda temos que conviver com esse descaso e Roubo do Governo do Estado…….O ministerio Publico agora toma um possicionameto quanto a permanecia da COMPESA na nossa Cidade…..Acho que os que fazem o Ministerio Publico de Petrolina esta passando o mesmo que o Povo de Petrolina vem passando a anos…..UMA VERGONHA ESSA COMPESA COM A NOSSA PETROLINA

  2. O que adianta? A Armupe também já notificou e o que resultou? A prefeitura não tem mais moral para resolver nada não. Notificar não pune. Tem que haver punição, de preferência fazendo doer o bolso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome