Problema da água salobra pode voltar com período de chuvas em Petrolina, alerta Odacy

1

odacy

A proximidade do período de chuvas em Petrolina pode trazer de volta uma dor de cabeça da população: a água salobra. O alerta é do deputado estadual Odacy Amorim (PT). Ele afirma que a solução já é conhecida e deveria ter sido colocada em prática pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

No começo do ano, Odacy já havia feito um alerta em relação ao assunto. O problema se localiza no Riacho Vitória, principal estação de tratamento da cidade.

“Busquei ajuda na Codevasf, que me acompanhou na solicitação que fiz no começo do ano. Também alertei a Compesa, provoquei o Ministério Público, que determinou a resolução do problema. Enviei ainda ofício à prefeitura, solicitando alguma medida. Mas não vi nada ainda ser feito, por isso fui à Compesa no final da última semana conversar sobre a questão da água tratada para o povoado do Capim, na zona rural, e provoquei a gerência sobre essa situação do Riacho Vitória. Estou realmente preocupado com a falta de uma solução já orientada pelo Ministério Público”, reclamou Odacy.

Conforme o parlamentar, ficou acertado que a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf e a Compesa iriam trabalhar juntas nesta questão, com a utilização de um flutuante no Riacho Vitória para transportar a captação da água e, assim, manter a qualidade do líquido, mesmo com as chuvas. O acesso às chácaras e roças situadas na área provocou o fechamento da passagem do Riacho e nada foi feito para romper essas paredes.

Audiência

“Alertei na reunião que essas paredes que fecharam o Riacho poderão causar danos na qualidade da água que consumimos aqui na cidade. Se não for feita a abertura do Riacho, que se coloque o flutuante o quanto antes. Estou pedindo uma audiência na Codevasf e vou levar a ata da reunião ao Ministério Público, porque é simples a solução fazendo a captação da água mais dentro do rio com o flutuante e assim, evitando que a contaminação volte. As chuvas podem chegar, sem que nada tenha sido feito. Isso é preocupante”, concluiu Odacy Amorim. As informações são da assessoria do deputado.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome