PRF apresenta balanço da operação realizada durante Semana Nacional de Trânsito em rodovias pernambucanas

0
Foto: PRF/Núcleo de Comunicação Social divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (26) o balanço da Operação ‘Semana Nacional do Trânsito 2018’, realizada entre os dias 18 e 25 deste mês, nas rodovias federais de Pernambuco. O objetivo da ação foi conscientizar os motoristas de que, com atitudes simples, é possível promover uma mudança de comportamento, reduzindo-se a violência no trânsito.

Durante esse período foram realizadas diversas blitzes nas BRs 232, 101 e 408, com o apoio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), Operação Lei Seca (OLS), Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Universidade de Pernambuco (UPE), além do reforço de policiais rodoviários vindos da Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

Nestes sete dias de operação foram fiscalizados 1.327 condutores e 1.185 veículos, sendo emitidas 1.091 autuações por diversas irregularidades como ultrapassagens indevidas (23), não uso do cinto de segurança (24), falta da cadeirinha (2) e do capacete (7). Além disso, foram recolhidos 71 veículos e 75 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs), e registrados 7,3 toneladas de carga com excesso de peso.

A PRF sensibilizou 218 pessoas, através de palestras educativas com o tema da campanha – “Nós somos o trânsito”. O foco esteve nos condutores, passageiros, pedestres e ciclistas, que fazem parte e têm responsabilidades no trânsito.

Embriaguez e criminalidade

No combate à embriaguez ao volante foram realizados 336 testes com o bafômetro, sendo emitidas três autuações e preso um motorista sob efeito de álcool, com índice de 0,82 mg/l. Além da multa e suspensão do direito de dirigir, o condutor que apresenta o índice igual ou superior a 0,34mg/l no teste do bafômetro é encaminhado à delegacia de Polícia Civil.

Já no enfrentamento à criminalidade, as ações contaram com o apoio do Grupo de Motociclistas da PRF. Ao todo, cinco pessoas foram presas por crimes como porte ilegal de arma de fogo, adulteração de sinal identificador de veículo e por alcoolemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome