Presidente nacional do PTB muda comando da legenda em PE após apoio de Armando a Marília; dirigente estadual diz não ter sido informado

0
Foto: Blog do Carlos Britto/arquivo

Convidado por Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, Coronel Meira assumirá o comando do partido em Pernambuco ainda este ano. A medida ocorre após o ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB), presidente de honra da legenda no Estado, anunciar apoio pessoal à candidata Marília Arraes no segundo turno da disputa pela Prefeitura do Recife. No primeiro turno, o partido compôs a coligação do candidato Mendonça Filho (DEM).

O PTB Nacional vetou, em setembro, alianças com partidos do campo da esquerda nas eleições municipais de 2020. Meira foi candidato a vereador do Recife pelo PSC nas eleições deste ano e teve 2.239 votos, não sendo eleito.

Fico honrado e feliz pelo convite feito a minha pessoa e tenha a certeza de que vamos trabalhar a mudança no PTB em nosso Estado, e consequentemente fortalecer o partido em Pernambuco”, disse Meira.

Coronel Meira, será a voz dos conservadores e fará chegar em todo Pernambuco de maneira retumbante para que todos possam escutá-la e ouvi-la”, disse Roberto Jefferson. O ex-deputado e condenado no escândalo do Mensalão disse que o partido terá “mudanças estatutárias, no qual, dentre outras, dissolver dos diretórios Estaduais e Municipais, destituindo, inclusive, seus líderes para nova adequação”. Oficialmente, o PTB não apoia nem PT nem PSB no segundo turno no Recife. As informações são do Blog de Jamildo.

Posicionamento

Por meio do seu presidente, José Humberto Cavalcanti, o diretório estadual da legenda informou não ter sido comunicado oficialmente do fato. “Com relação à notícia que veicula-se pela imprensa sobre a destituição do diretório estadual do PTB em Pernambuco por parte da executiva nacional do partido, informamos que até o momento não recebemos qualquer comunicado oficial sobre essa decisão. Havendo qualquer novidade voltaremos a nos posicionar”, frisou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome