Presidente do Sinticon de Petrolina denuncia supostos representantes por “falsidade ideológica”

0
Foto: divulgação

Em contato com este Blog, o presidente do Sindicato da Construção Civil (Sinticon) de Petrolina, Pedro Portugal, afirmou que Marcelo Pessoa e Evaldo Braga não têm legitimidade para se posicionar em nome do sindicato. Portugal referiu-se ao fato de ambos estarem solicitando da prefeitura municipal a inclusão dos trabalhadores do segmento nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19 na cidade.

Isso é grave. Essas pessoas estão usando do conhecimento que tinham do sindicato, mas fazem parte de um grupo político e estão pegando os dados pessoais dos trabalhadores nos canteiros de obra pra fazer esse tipo de coisa”, criticou.

Segundo Portugal, o setor jurídico da entidade já está tomando as providências cabíveis, uma vez que os dois estão indo a outros veículos de comunicação locais e se posicionam em nome do sindicato. “Para você falar que é do sindicato, você tem que ter o registro do Ministério do Trabalho, tem que passar por uma eleição, tem que ser registrada a ata. Tem que passar por todos esses protocolos”, explicou. “Eles estão enganando os trabalhadores”, alfinetou. O presidente classifica como “falsidade ideológica” a atitude dos dois. “Eles querem fazer politicagem com uma categoria tão sofrida”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

20 − 3 =