Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro contesta edital

por Carlos Britto // 12 de abril de 2009 às 16:00

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro, Aguinaldo Meira, está contestando o edital da Codevasf que abre concorrência para 255 lotes destinados a agricultores familiares.

Já que está aberto para todo o país, Meira acredita que o edital praticamente elimina as chances de agricultores familiares da região de conseguirem um lote.

O motivo? Alguns critérios estabelecidos em pontuação para concorrer a um lote. Por exemplo, experiência em agricultura e sequeiro vale 25 pontos; condições econômicas vale 10 pontos e grau de instrução, 15. “Dificilmente os agricultores daqui poderão se enquadrar dentro desses critérios”, revela Meira, que vai enviar um documento aos parlamentares da região no sentido desse quesito ser revisto.

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro contesta edital

  1. HUMBERTO disse:

    É uma pena ver isso. Um órgão do governo federal, que tem uma linha democrático-popular, mas impregnado de ratos de visão elitista e pefelista, ficam criando esses empecilhos para o povo ter acesso aos bens públicos. Os deputados governistas poderiam denunciar isso. É uma vergonha. Com as exigências do Edital apenas as empresas ou pessoas de classe média vão atender aos requisitos e os agricultores familiares, ficam de fora. Lamentável. Lula precisaria varrer esses “ratos” do PFL (ATUAL DEMOS) e PMDB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *