Presidente do PPS de Lagoa Grande (PE) prefere não avaliar governo Dhoni, mas admite: “A cidade tem carências”

0

Fernando PPS Lagoa Grande_640x427O presidente do PPS de Lagoa Grande (PE), Fernando Angelin, está de olho no futuro político. Durante visita ao Blog, ontem (25), onde esteve ao lado do líder do partido em Petrolina, Vilmar Cappellaro, Fernando falou em “projetos” ao citar seu novo partido, a Mobilização Democrática (MD).

Nós estamos trabalhando num projeto político para o futuro de Lagoa Grande, estamos apostando nisso e temos certeza que vamos conseguir colocar esse projeto em prática, principalmente com o nascimento do MD”, disse, ao falar da fusão entre PPS e PMN.

Discreto, o líder preferiu não avaliar ainda o governo do prefeito, Dhoni Amorim (PSB), mas admite que a cidade carece de investimentos. “Ainda é muito cedo para avaliar, mas no dia-a-dia a gente percebe o nível da administração que está tendo hoje em Lagoa Grande. O que a gente vê é que a cidade tem muitas carências de investimentos”, disse.

Segundo ele, a saúde é o principal problema de Lagoa Grande. “A saúde vai mal, isso é notório, a gente vê as reclamações todos os dias e eu posso dizer que a saúde não vai bem”, pontou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome