Presidente da Mineração Caraíba garante que vazamento em barragem não ameaça meio ambiente

3

Em nota distribuída à imprensa por sua assessoria de comunicação, o presidente da Mineração Caraíba S/A, Sérgio Roberto Fráguas (foto), ressaltou que o vazamento da barragem de rejeito de cobre da empresa, provocado pelas fortes chuvas de outubro do ano passado, não é uma ameaça ao meio ambiente da região.

Um estudo técnico feito pelo laboratório Cetrel – um dos mais conceituados do País na área ambiental, que foi contratado pela Mineração Caraíba – confirmou resultados anteriores já feitos em relação ao episódio.

Após vários testes, conforme determina a legislação, a Cetrel emitiu o seguinte parecer: “o rejeito de cobre coletado veio a confirmar os resultados anteriores de Resíduo Classe II B – inerte e não corrosivo”.

Segundo o presidente da Caraíba S/A, estes estudos tiveram o objetivo de atender a uma solicitação do Ministério Público, além de desmistificar informações imprecisas que foram divulgadas sobre o vazamento. “A Mineração Caraíba reafirma seu compromisso com o meio ambiente e com as pessoas das comunidades onde exerce suas atividades”, afirmou Fráguas.

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo trabalho que vem sendo feito com o atleta Edson Arruda, nosso atleta juazeirense que representou muito bem a Mineração Caraibase a cidade de Juazeiro na São Silvestre

  2. O ministério público está certo em sempre fiscalizar, o setor de mineração é o que mais degrada o meio-ambiente no mundo, o impacto das minas no meio-ambiente é um assombro. Todo cuidado é muito pouco. E depois que acontece os acidentes, os vazamentos, a contaminação, inez é morta. Já foi. Lembra-nos aqui do grande vazamento que aconteceu na década de 80 de uma lago da Agrovale que jogou VINHOTO no Rio São Francisco provocando O MAIOR DESASTRE AMBIENTAL QUE JÁ ACONTECEU NO RIO SÃO FRANCISCO, acredito que foi o primeiro desastre ambiente do Rio São Francisco.

    Poucas pessoas sabem disso, ou nem se lembram.

  3. Este é exatamente o exemplo de quem “não deve não teme…” bem como, atenção com a imprensa que tem a missão de informar.
    Atitudes assim, deveriam ter outras parcelas da sociedade, quando questionadas, principalmente as gestões públicas… Observo aqui, que o povo está sempre muito atento a tudo e a todos… e nada mais passará invisível aos nossos olhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome