Caso Sanepav: Prefeitura expõe sua versão

por Carlos Britto // 10 de fevereiro de 2009 às 12:10

Em entrevista coletiva a imprensa, o secretário de Governo, Patrício Valgueiro e a Procuradora Geral do Município, Camila Abreu Teixeira responderam as dúvidas da população e da imprensa devido à rescisão do contrato com a Sanepav e a conseqüente demissão  funcionários da empresa.

Na oportunidade o secretário apresentou um relatório do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, que apontava 26 irregularidades no contrato que geram um superfaturamento de R$ 24 milhões. Em relação à declaração do gestor da Sanepav, Cláudio Massini, de que foi surpreendido com a decisão da prefeitura, Patrício afirmou que ele recebeu no dia 08 de janeiro um mandato de notificação e que apresentou até a defesa dentro do prazo.

Segundo Patrício, existe também a preocupação da prefeitura com os funcionários demitidos. “No procedimento haveria a possibilidade da Sanepav fazer a demissão do seu pessoal com aviso prévio indenizatório e já liberaria todo seu pessoal para a contratação imediata pela empresa sucessora do contrato, mas ele optou pelo mais difícil”, disse. Patrício disse ainda que assim que os funcionários forem liberados existe a intenção da empresa que assumir o serviço em contratá-los. 

Quanto a empresa que está realizando o serviço de coleta de lixo temporariamente, ele alegou que a empresa foi escolhida após levantamento de custos. “A Construtora Venâncio foi escolhida porque ofertou os melhores preços, nós fizemos uma cotação em empresas que tem em sua grade os serviços registrado no CREA a possibilidade de fazer recolhimento e tratamento do lixo”, esclareceu Patrício.

Caso Sanepav: Prefeitura expõe sua versão

  1. Atento disse:

    Não sei pq, mas tem algo nas declarações do secretário que não bate, tem-se a sensação que falta algo. Pq rescindir o contrato às 18 h de uma sexta-feira? Não tinha mesmo como proteger os empregados e a população? A Venâncio tem realmente competência para fazer o serviço de limpeza urbana? E a exposição de trabalhadores ao lixo, retirado pela Venâncio em caçambaas? Tem alguma coisa errada, que o secretário não disse.

  2. Bento Gonçalves disse:

    bom, vamos aguardar a treplica da sanepav. mas eu ainda acho q tudo teria sido mais facil se a prefeitura tivesse convocado uma coleti9va, na semana passada (na sexta mesmo, depois das 18h, porque nao?) e dito pra população as medidas que estavam adotando. foi bola fora da assessoria

  3. Leitor. disse:

    E agora?

    Superfaturamento? 24 milhões? Com a palavra a gestão anterior! Urgente….Alguém tem que responder…

  4. Petrolinense disse:

    Meus caros amigos de blog, apesar de ter votado e torcer para que a administração de Dr. Júlio Lóssio dê certo, pq tb quero o melhor para Petrolina, nesse caso, a administração “AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR” errou feio. Tentou (aparentemente) acertar, pq as irregularidades realmente existem, aos olhos do TCE e tb de FBC (conforme nota no blog do Magno), mas se preciptou ao cancelar de imediato o contrato da SANEPAV. Não informou a sociedade dos acontecimentos (falhou ai a assessoria de imprensa), deixou a cidade, literalmente, no lixo. Quem mora nas proximidades da feira da Areia Branca não tá aguentando o mal cheiro (o lixo dos dois dias de feira está acumulado). Cancelou o contrato na surdina. A SANEPAV (poderia até estar ciente), mas, a sociedade não. Acho que o cancelamento do contrato pode até ser legal, pois existem indícios de irregularidades, é um direito dele como novo administrador da cidade. Isso a justiça certamente dirá. Mas, a forma como feito pegou muito mal. Esse foi o segundo erro dele, pq o primeiro, o cancelamento dos pagamentos, ele não tinha o direito de julgar tais pagamentos ilegais (caberia ao TCE tal julgamento), pq o pgtos foram feitos pelo seu antecessor e caberia a ele (ODACY) responder por qualquer ação decorrente destes pgtos, junto ao Tribunal de Contas.

  5. Sertanejo disse:

    Obina não é Obama. Isso virou um balaio de gato com um cachorro dentro, é miado para todo lado. Saco de Jumento não é saco de cimento. Olha aí, tem muito dinheiro pelo meio disso tudo. Agora a população abriu o olho e pode ter certeza que quem calar vai se dar mal eleitoralmente. Odacir nessa pode virar cinzas eleitoralmente porque sabia e nada fez.

  6. David nomero De Macedo disse:

    O Julio tá de parabens,quem esta no comando não pode espera certas frescura que a sociedade quer, tem que agir firme. Se tem um contrato irregular tem que por um fim, independete da hora ou de quem vai ser prejudicado,neste caso o contribuinte esta sendo ferrado a muito tempo e ele é quem paga a conta.

  7. estefanio disse:

    A Sanepav já está em Juazeiro. nem os adesivos de petrolina dos caminhões tiraram ainda. Abra o olho Isaac!!!!
    Alguém dançou em juazeiro como eles dançaram em Petrolina.

  8. Petrolinense disse:

    Aí David senta no chão qdo for mamar na teta, pq o banquinho pode quebrar. Seu puxa-saco, ignorante. A sociedade é você também. É por causa de pessoas como você, que dizem amém até qdo estão te ferrando, que os contribuintes pagam o pato.

  9. paulo gercino disse:

    parabens PREFEITO:::::::::::::: JULIO LOSSIO…………………….
    ASSIM VINHEMOS PARA UM ATUAL REALIDADE DO MINICIPIO……..SEM SUPER FATURAÇOES E TUDO MAIS AGORA SIM PETROLINA AVANÇA………..

  10. Bento Gonçalves disse:

    xéleleu, ô xeleleu, o teu lugar tá garantido la no céu

  11. Alexandre Alves disse:

    Parabéns Prefeito,Petrolina precisa ser organizado, já está na hora de tirar os maus costumes em que muitos estão acostumados,existem muitos erros da gestão passada e agora cabe ao Prefeito e sua Equipe colocar em ordem e assim fazer valer a missão que lhes foi confiada é fazer com que as PESSOAS Estejam EM PRIMEIRO LUGAR e não as conveniências em Primeiro como muitos querem. Cortando o Mau Pela Raiz que se constroe com Sinceridade e humanidade.muito bem!
    Alexandre Alves,

  12. Lula também não perguntou se o povo sertanejo queria a transposição. E pense em outra coisa cheia de irregularidades.

    A empresa foi noificada e não resolveu. Cortaram o mal pela raiz. Julio fez o que fazem os bons getores, fechou uma torneira de disperdício.

    Muitas outras virão.

  13. Pablo disse:

    Não ficou clara essa questão do super aliás hiperfaturamento de R$ 24.000.000,00 é de todo o contrato ou é anual? de que forma se dava, e pra onde ia, quem estava se beneficiando de tanto dinheiro? Tá de parabéns a nova gestão pela quebra do contrato, só uma ressalva, sejam mais claros e rapidos nas informações para o público. Maracutais como essas e muitas outras que estão debaixo do tapete devem vir a tona doa em quem doer! A nova petrolina não pode deixar que coisas desse tipo aconteçam e as que aconteceram devem vir a público. Façam uma devassa nas contas da Prefeitura e dêem ciencia dos fatos a população.

  14. Opara disse:

    Sertanejo… Lula também sabia de tudo e nada fez… sem dúvida essa história está mal contada… tanto pela administração anterior como pela atual. Tem muita coisa escondida por trás dessa conversa toda.

  15. Opara disse:

    Pablo… existe a acusação de uma suposta falcatrua. Quem fez a acusação foi a Procuradora do Município e não a promotoria. A Sanepav vinha fazendo um ótimo trabalho na cidade… por isso é preciso ouvi-la, por respeito.

  16. FRANCISCO DA CRUZ disse:

    Isso mostra claramente que a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Licitações é um brinquedo nas mãos da máfia política.
    Na verdade, a parte superfaturada tem destino certo. Assiste razão ao poeta português, Eça de Queirós, quando diz:

    ” O país perdeu a inteligência e a consciência moral. Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada, os caracteres corrompidos. A prática da vida tem por única direção a conveniência. Não há princípio que não seja desmentido nem instituição que não seja escarnecida. Ninguém crê na honestidade dos homens públicos. Alguns agiotas felizes exploram. A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia. O povo está na miséria. Os servidores públicos são abandonados a uma rotina dormente. O desprezo pelas idéias aumenta a cada dia. O salário diminui. a renda também diminui. O Estado é considerado em sua ação fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo. A ignorância pesa sobre o povo como uma fatalidade. No entanto, a intriga política alastra-se. O pais vive uma sonolência enfastiada. Não é uma existência, é uma expiação. A certeza deste rebaixamento invadiu todas as consciências. Diz-se por toda parte: O país está perdido.” ( As farpas, 1871). O poeta referia-se a Portugal. Que situação similar se acha o Brasil.

  17. Marcos Santos disse:

    Ôba…ôba… deixa eu falar sobre contrato e grana que é faturada com todo amor enquanto dura a alegria .Dr. Júlio Lóssio Moralidade Coelho, o Sr.poderia levar a público como e quanto era o seu contrato com a prefeitura de Petrolina, com o seu serviço de olho limpo ….naquele carrimho ???, com a palavra o prefeito de LAGOA GRANDE, digo, Petrolina.

  18. carlos 2012 disse:

    é justamente esta resposta Patricio, que o povo estava esperando, agora falta vç fazer uma visita ao Legislativo e rapido antes que estes vereadores que estão ai a mando de FBC começe a retaliação

  19. José Caldas Filho disse:

    Eita, eita…

    O que observo aqui é “viúvas” desempregadas e atuais “mamadores de tetas” discutindo “a morte da bezerra”.

    Todos vcs votaram em Dr. Abacate, e agora estão se “engalfinhado” por uma “fatia do bolo”.

    Não adianta, pois…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, a bezerrinha, chora o “dotô”…

  20. José Caldas Filho disse:

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, chora o bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, chora o bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, chora o bezerrinha, chora o “dotô”…

    ninguém cala, esse chororô, chora cabeção, chora o bezerrinha, chora o “dotô”…

  21. Carlos Andre disse:

    Boa Tarde,

    Está muito estranho essa polemica da SANEPAV, pelo que parece a equipe do atual prefeito se baseou em um Relatorio preliminar do TCE que ainda pode ser mudado pelo pleno do TCE, para cancelar um grande contrato que é o lixo. Motivos a parte vamos a pergunta que não ficaram esclarecidas.

    1 – Onde foi divulgado consulta para obter preço para nova empresa de coleta ?

    2 – Qual o nome das empresas que colocaram preços para balizar se o contrato da VENANCIO está viavel ou não ?

    3 – Mesmo sendo dispensa é imprecindivel a coleta de preço se houve até o momento ainda não foi divulgado?

    Uma decisão desse porte precisa ser tomada com mais cautela. se mais na frente o TCE entender que ouve erro na auditoria como fica esssa decisão.

  22. tabareo disse:

    Tem coisa aí.
    Porque o prefeito não aparece??
    Cadê a licitação???
    Que empresa é esta que não tem nem nome??
    Será que ela tem licença pra este fim???
    Petrolina não merece isso, ja é uma cidade de porte medio.
    ,fica feio para a população e serve de piada para a opinião pública.

  23. Watergate disse:

    Quer dizer que a GANACIO, com caminhoes e caçambas, apresentou o melhor material para recolhimento de lixo ?
    Quero nem ver o que apresentou as concorrentes.
    Carrinhos de mão e carroças de burro ?

  24. filho da terra disse:

    Vem cá… se a SANEPAV estar chiando pelos os garis desempregado, pq ela ja não levou todos para Juazeiro, conta outra ela queria mesmo era ficar lá e cá. se há irregularidade tem que cortar se não a NOVA PETROLINA vai continuar corrompida. VALEUUUUU a coragem do Prefeito !!!!!!!!

  25. Gara Peiro Pinto disse:

    Final da historia:

    FICA TUDO DO MESMO JEITO.

    E O POVO QUE SE ………………

  26. Orgulhoso disse:

    Chega de treta. Todos os contratos irregulares tem que ser cancelados.
    Sou petrolinense com muito orgulho. Viva a democracia.
    Os perdedores torcem para que não dê certo e choram porque perderam a boquinha.
    VIVA O PREFEITO DE TODOS “DR. JÚLIO LÓSSIO” (quer queiram ou não queiram).
    Vocês vão ter que engolir.

  27. Virgulino Ferreira disse:

    SR. JOSÉ CALDAS FILHO.

    Se assim poço chama-lo, deveria saber respeitar os politicos da nossa Petrolina.,^Não é dessa forma que devemos trata-los seja ele quem fôr, seja ele de que partido fôr. A sua falta de respeito foi muito grande. Cada um deles fez, faz e fará mais cedo ou mais tarde parte da nossa historia.
    Não use nome ficticio para usar de seu baixo moral. Acredito que seu pai não lhe ensinou isso. ´Seja verdadeiro saiba respeitar HOMENS.

  28. ZéPiauí disse:

    “A Construtora Venâncio foi escolhida porque ofertou os melhores preços, nós fizemos uma cotação em empresas que tem em sua grade os serviços registrado no CREA a possibilidade de fazer recolhimento e tratamento do lixo”

    Só uma pergunta: alguém aqui recebeu essa cotação ou sabe de alguma empresa que recebeu ???

    Acho que é melhor acreditar em duende, papai noel, fada madrinha…

  29. RB disse:

    TEMOS QUE PARABENIZAR A ATUAÇÃO DA PROCURADORA DRa. CAMILA QUE DESCOBRIU TODAS AS MOITAS DO CONTRATO JUNTAMENTE COM MINISTÉRIO PÚBLICO. TEMOS QUE ELOGIAR ATOS DESTA NATUREZA E SERVIDORES COMPROMEDITOS COM A SUA FUNÇÃO DE SERVIR………………….COM RELAÇÃO AOS TRANSTORNOS COM A COLETA DE LIXO PASSA O SUPERFATURAMENTO NÃO……

  30. E tu, por acaso seu “Virgulino Ferreira”, está usando o nome verdadeiro? esse nome não pertence ao finado Lampião?

  31. Glicia disse:

    Parabens!
    Dr. Júlio e Patricio, parabenizo vocês pela coragem de sustar um grande contrato em prol da nossa cidade. Segundo vocês o contrato estava super faturado e isso não pode acontecer com o dinheiro público. Muito Obrigada. Essa atitude mostra que vocês são verdadeiramente honestos. Parabens mesmo!
    Aproveite tambem o embalo e mostre o faturamento da clina de olhos na época da secretaria Ângela Carneiro.
    ” BOA SORTE”

  32. Anusca disse:

    É indiscutível que o novo gestor agiu corretamente quando quebrou o contrato junto a SANEPAV. Afinal, foi o tribunal de contas que detectou as irregularidades.

    Não podemos deixar que os interesses politicos deixem que a gente reconheça que foi prudente a ação do prefeito. Como poderia o mesmo aceitar um contrato que o próprio tribunal de contas aponta tantas irrregularidades?

    Por outro lado, temos que exigir que a nova empresa faça o trabalho corretamente. E cabe a nós torcer que dê certo, é uma empresa da cidade e que está em franco crescimento.

  33. Suzana disse:

    Como pode permanecer com um contrato que o tribunal detecta 26 irregularidades, que sofria duras críticas pelo serviço prestado nos programas de rádio?

    Essa mesma empresa hoje é vista como vítima?

    O fato que a nova empresa ainda não está como deveria, não justifica a continuidade de um contrato de mais de 1 milhão…

  34. Lucas disse:

    Sem dúvida Dr. Júlio agiu corretamente.

    A Venâncio vai ter que funcionar. É da terra! É da gente!

  35. Wildes Jackson Lopes disse:

    A medida adotada pelos Gestores Públicos Municipais de Petrolina ,sob a batuta do Prefeito Júlio Lócio ,mostra o respeito na aplicação dos recursos oriundos dos tributos dos cidadãos desta cidade.E é um marco, na medida em que ataca um dos maiores ralos de sangria do dinheiro público: A Licitação do Lixo, nas cidades brasileiras.De norte a Sul do País, não são poucos os municípios onde pairam suspeitas sobre superfaturamento de valores.
    A atitude segue, porém, numa saudável contramão, pois não é comum os prefeitos se insurgirem com esse tipo de assunto, afinal ali reside uma porta para o financiamento de campanhas eleitorais, as quais estão cada vez mais milionárias.
    A Educação Fiscal, sob o vetor da fiscalização dos gastos públicos, é órfáo de medidas desta estirpe.
    E mais, ao optar por tal medida, a atual administração escancara a possibilidade de que também os seus contratos sejam fiscaizados pelos representantes do povo, que cumpre o seu dever ao fazê-lo, afinal diz o dito popular ” o risco que corre o pau corre o machado”.
    Atitudes deste quilate sinaliza uma linha de ação que será de grande proveito aos munícipes, irradiando os seus efeitos para toda uma região que se avizinha.Além do zelo pela cois pública, revela a sensibilidade pelas pessoas, na medida em que intenciona aproveitar os trabalhadores com contratos rescindidos.
    Portanto, colocada de lato os interesses menores,a medida deve ser apludida pela grande maioria desejosa de que a moralidade saia dos manuais de direto administrativo, para fixar morada na prática dos gestores públicos.

  36. O Pensador disse:

    Irregularidades sempre ocorrem, mas que faltou experiencia na equipe atual faltou. Nada impederia uma substituição sincronizada, sem traumas para a comunidade. A intempestividade não irá mudar o resultado das investigações. Esta de 24milhões já foi reconhecida pelo próprio Tribunal de que houve um erro nas despesas apresentadas, mas num valor bem inferior a este e que a Cenepav se dispõe a devolver ou ja devolveu. Mesmo que haja este estrupiço de desvio a conduta teria que ser de serenidade, porque estes famosos Buns sempre terminam num traquizinho fraco.

  37. Oparha Propaganda e Marketing disse:

    Olá. Gostaríamos de deixar claro, já que fomos indagados sobre isto, que a OPARHA PROPAGANDA ainda não comentou nenhum assunto neste blog, por tanto, esta pessoa que se esconde com o nick opara não tem nada a ver com nossa agência. Não sabemos nem ao menos quem seja. Não nos interessa se esta referida pessoa tenha ou não razão em seus comentários, mas o que nos trás aqui é o esclarecimento público de uma, espero que seja, mera coincidência. Somos totalmente a favor da liberdade de expressão, mas de forma clara e sem subterfúgios. Sabemos da seriedade do nosso amigo e colega Carlos Britto e estamos felizes em agora participar deste blog de notícias sempre pertinentes a nossa querida região do sub-médio São Francisco. Cordialmente, Fernando Baccarelli e Tarciana Torres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *