Prefeitura rebate denúncia de leitora sobre reféns durante invasão a posto de saúde em Juazeiro

2

Através de nota, a Secretaria de Saúde (Sesau) de Juazeiro (BA) rebateu a informação da leitora Iolanda Nogueira, a qual afirmou, em email enviado a este Blog, que uma recepcionista e uma enfermeira do Posto de Saúde do Bairro São Geraldo teriam sido feitas de reféns por um bandido que invadiu a unidade na última quarta-feira (6).

A leitora ainda disse que, depois do ocorrido, os funcionários foram obrigados a voltar ao trabalho, o que também foi negado pela Sesau. Na nota, a secretaria explica que o fato ocorreu durante uma perseguição policial, o que foi confirmado a este Blog pela Rondesp Norte (Companhia da PM em Juazeiro).

A Secretaria de Saúde de Juazeiro informa que durante uma perseguição policial, um homem invadiu a Unidade Básica de Saúde do bairro São Geraldo, onde foi detido. Esclarece ainda que, por estar sensível ao ocorrido, a gestão orientou o fechamento do Posto de Saúde no turno da tarde da última quarta-feira (6), se mostrando solidária à equipe“, diz a nota da Sesau, “pontuando  que a situação de violência em questão não deve ser atribuída à gestão, visto que isto trata-se de um problema social que foge ao poder de resolutividade da Secretaria de Saúde“, completa.

A Sesau também garante que “a maioria das Unidades Básicas de Saúde de Juazeiro já conta com um agente de portaria, incluindo a UBS do Bairro São Geraldo. Esses profissionais trabalham com intuito de proteger tanto os servidores e usuários, quanto os equipamentos públicos, replicando a experiência exitosa da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc)“.

A nota ainda destaca “que a Unidade Básica de Saúde é um bem público, que deve contar com o apoio da comunidade para sua manutenção, através da denúncia de vandalismo e de outros atos de violência que repercutem dentro de cada comunidade.

Rondesp Norte

Conforme a Rondesp Norte, o fato aconteceu por volta das 10h40. Durante a perseguição, o homem pulou o muro da unidade. “Os policiais adentraram a área interna do posto médico e encontraram o acusado, Alisson Rodrigues dos Santos, que não esboçou reação na abordagem“, diz a Companhia. Ele estava com uma trouxa de maconha e confessou que em sua residência tinha mais drogas. No local, os policiais apreenderam 652 gramas da erva, uma balança de precisão e R$ 50,00. Ele foi encaminhado à delegacia, juntamente com o material apreendido.

2 COMENTÁRIOS

  1. Interessante a SESAU de Juazeiro dizer que o fato ocorrido na UBS São Geraldo não deve ser atribuído a gestão. Ora se há segurança no posto de saúde como o bandido foi parar na sala da enfermagem no interior da unidade??? Onde estava o segurança nessa hora???

  2. A SESAU deveria rever o quesito segurança nas Unidades básicas de saúde de Juazeiro. A população e os servidores merecem mais respeito. Pessoas que não estão preparadas para esse tipo de situação de stress como ocorreu na UBS São Geraldo podem desenvolver sérios problemas de saúde, ainda bem que o pior não ocorreu graças a Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome