Prefeitura explica em suspensão dos pagamentos de Odacy

por Carlos Britto // 05 de janeiro de 2009 às 07:50

Nota a Imprensa:
A Prefeitura Municipal de Petrolina, após levantamento financeiro realizado nos processos de despesas e por orientação jurídica e contábil, resolveu suspender provisoriamente o pagamento dos cheques emitidos pela gestão anterior.

A medida foi necessária para salvaguardar os recursos financeiros existentes uma vez que nos dias 30 e 31 de dezembro de 2008 foram emitidos cheques que somam a importância de R$ 5,5 milhões, os quais não foram informados da sua existência durante os trabalhos da equipe de transição.
Certos da compreensão de todos, adiantamos que tão logo sejam concluídos os processos de auditória financeira, os credores serão informados.

Petrolina, 05 de janeiro de 2009

Emmanuel Ferro
Secretário de Planejamento, Gestão e Controle Interno
Coordenação de Comunicação-Prefeitura de Petrolina
Carlos Laerte

Prefeitura explica em suspensão dos pagamentos de Odacy

  1. Ney Barbosa disse:

    Bom, gostaria de lembrar a nova equipe q o mandato se encerra dia 31/12. A equipe de transição, so tomam posse possivelmente alguns dos seus no dia 01/01. Ou ele encerrará o seu em 29/12 ?

  2. Odilon Barros disse:

    Creio que aconteceu alguma falha ou omissão entre as pessoas que estavam
    acompanhando a transição, pois acredito que não poderia ter passado despercebido esses débitos feitos pela gestão do Prefeito Odacy e lógico serem pagos, pois foram compromissos assumidos, teria que ter havido entendimento entre as partes, pois da maneira que esta sendo colocado deixa a entender que foi uma coisa feita por baixo dos panos, e isso é muito feio.

  3. ADRIANO disse:

    vemos que o dr. julio esta indo com muita sede ao pote. o homem perdeu completamente a noçao das coisas, um secretariado importado e completamente tecnico, esquecendo totalmente o lado politico nao funciona! um secretariado so funciona sendo politico e tecnico ou tecnico e politico, bem como um secretario da cidade pois conhece os problemas, conhece a regiao palmo a palmo, conhece sua realidade e suas condiçoes reais. lembro-me do todo poderoso Fernando Bezerra, ele sempre colocava um secretario tecnico e o adjunto politico ou o contrario e funcionou, funcionou tanto que ele é o que é ai na cidade. Julio seja mas humilde, mostre aquela humildade da campanha, e sr. vice prefeito deixe de arrogancia, o sr. esta mostrando a sua face, bem que o guia de gonzaga patriota mostrou o sr. jogando a FLOR BRANCA no chao. governo se faz com humildade, um bom governante tem que ser humilde.

  4. ADRIANO disse:

    nao teria como esconder de uma equipe de transiçao 5milhoes !!!!agora com guilherme, fernando coelho e outros teria como esconder sim

  5. Anusca disse:

    Creio que a equipe de transição só tem acesso aos documentos que são informados, não são advinhos…. Os cheques que foram emitidos em 30 e 31 com certeza já estava previstos e acredito que não foram informados a equipe de transição.

    Dr. Júlio não está indo com muita sede ao pote, pelo contrário está sendo muito prudente. Como irá assumir mais de 5 milhões sem que o mesmo tenha conhecimento prévio. Ele está sendo cauteloso, tem que auditar. Em momento nenhum disse que não honrará.

    Nada haver colocar secretários meramente politicos. Seria interessante que se conseguisse unir a parte técnica e politica que nem sempre é possivel.

    Ainda é muito cedo para Dr Júlio e Domingos Sávio serem julgados e questionados sua humildade. Até o momento não deram motivo algum para acharmos isso.

  6. FRANCISCO DA CRUZ disse:

    Correto o posicionamento adotado pela equipe, tendo em vista que as contas búblicas estão sob a responsabilidade da nova equipe. É, no mínimo, suspeito a emissaão de títulos nesse valor, aos 45 min do 2º tempo. Deve-se, por precaução e no interesse público, verificar a procedência das despesas e, se se tratar de despesas com fornecedores, verificar se o produto foi entregue ou o serviço foi prestado. Caso contrário, manter a suspensão do pagamento, MP e tribunal de contas neles.

  7. Pedro Lupion disse:

    Assino embaixo tudo que Anusca disse e ainda acrescento como último parágrafo de seu comentário:

    “Leiam a Lei de Responsabilidade Fiscal para tentar defender o indefensável.”

  8. marco antonio souza disse:

    que coisa, as pessoas esquesem que mesmo que se perceba as as falhas durante a transição só pode tomar alguma atitulde quando se assume. daqui a pouco o não pagamento do imip e culpa dos secretários de fora o rastro de poblemas que o prefeito corretinho Odacy deixou não e mole não, perço mais uma vez que o antigo prefeito venha a público e fale a onde deixou o dinheiro e que realmente deixou tudo organizado e que a direçao do imip estar mentindo e que ele pagou para que existe recibos e só provar e que se e correto vai vim dar explicação pois se não aparecer e porque tem culpa no cartório e ai mascara vai cair e que todos nós sabemos e que Odacy nunca se conformou com a derrota e com certeza ia deixar muitos poblemas para dr Júlio agora estão tentando tirar o foco dos poblemas falando de humildade e dos secretários de fora. e quando se fala que com fernando e guilerme poderia se esconder que e que comanda Odacy não e fernando.

  9. Manoel Ribeiro Castro disse:

    Ney Barbosa

    Procure entender o que é umaansição, pois vc está totalmente por for.

  10. Manoel Ribeiro Castro disse:

    Retificando

    Ney Barbosa, procure saber o que é uma equipe de transição, pois vc está totalmente por fora.

  11. Pedro Lupion disse:

    A atitude mais sensata de um bom gestor foi tomada por Dr. Julio, apenas por motivo de precaução. Se tinha os R$ 5,5 mi, por que não liquidou a fatura logo nos dias 30 e 31? Por que passar cheques para serem compensados agora?

    Bonzinho esse Odacy Caloteiro Amorim. Agora jogou a culpa do calote no IMIP, no repasse do Governo do Estado. Até que ponto é verdade ninguém sabe, mas é claro o desacerto.

    Odacy deixa uma caixinha de precatórios e um gordo de R$ 14 mi. Quem tem precatório menor pra receber vai custar um pouquinho.

  12. Henrique Castro disse:

    Só lembrando que o FPM DO DIA 10 DE JANEIRO POR LEI É REFERENTE A GESTÃO ANTERIO PARA PAGAR AS CONTAS DO MES DE DEZEMBRO… E OS CHECKS EMITIDOS NO DIA 29 E 30/12 AINDA NA GESTÃO DE ODACY NÃO SOMAM ESSE VALOR, E TAMBÉM HAVIA SALDO BANCARIO PRA ISSO. e O FERRO SABIA DESSAS CONTAS OU ENTÃO ELE É INCOMPETENTE.

  13. Maneca Dias disse:

    E ainda tem gente lembrando fatos de campanha… Sr. Adriano se for para moralizar e respeitar a LRF, que Domingos Sávio jogue flores e flores brancas no chão. Vamos deixar de muita munganga e arregaçar as mangas. Lóssio fez a mais sensata ação desde que assumiu. Trata-se de recursos públicos, não é dinheiro de bodega não.
    Que mania de torcer ‘para quanto pior melhor’… Petrolina merece lisura e competência. Antes de você criticar, vá no google e busque entender a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal). Garanto que vc entenderá o pq de tal medida tomada por Lóssio.

  14. Carlos Andre disse:

    Bom dia,

    Caro Maneca, sugiro que vc volte a ler a Lei de Responsabilidade Fiscal se que vc realmente leu,,, E verá que administração passada fez o seu dever de casa pagando as obras iniciada em seu gorverno e não deixando debito referentes a obras para o prefeito atual… cumprindo assima Lei de Respnsabilidade Fiscal. Agora o prefeito está querendo da um calote e mudar de nome.

    Abraçõ

  15. Maneca Dias disse:

    Prezado André
    Feliz 2009!

    A LRF que vc sugere que eu leia novamente, é clara: Débitos assumidos na gestão que se finda, devem ser pagas com recursos em caixa. Nenhum débito do exercicio anterior, deve ser pago com recursos de novo exercício – excetua-se da prestação de serviços de saúde e educação por força de contrato cujos recursos são previamente amarrados ao serviço prestado – e isso é função do gestor que fez o débito. Suponhamos que o débito vencia nos primeiros dias de janeiro de um convênio de dezembro: O gestor pode antecipar o pagamento, ou deixar saldo vinculado ao débito. E essas informações só poderão ser prestadas após minuciosa analise, não há – ao olhos da Lei – irregularidade em postergar o pagamento de algo que ainda não se sabe a proveniência. Agora, tenhamos clareza: Que débito é esse que surgiu dia 30 ou 31 que não foi informado a equipe de transição?

    E se brincar, talvez nem Odacy sabia… Foi pego de surpresa também, no apagar das luzes.

    Portanto, nobre Carlos André, sem amores ou paixões pelo Prefeito que entra ou o Prefeito que sai, a medida é preventiva em respeito a Lei e a população. Calote seria informar que não pagaria o ‘provável valor’, ao contrário do que a PMP fez, que foi suspender pré-tempore o valor até a descoberta a origem do gasto e suas explicações legais.

    Forte Abraço.

  16. João Telê disse:

    Estas coisas acontecem com quem trabalha até o apagar das luzes do governo. Não estamos acostumados… Tá tudo certo, não precisa tanta seleuma de um ou do outro lado.

  17. João Telê disse:

    corrigindo a ortografia de celeuma:
    Estas coisas acontecem com quem trabalha até o apagar das luzes do governo. Não estamos acostumados… Tá tudo certo, não precisa tanta celeuma de um ou do outro lado.

  18. marco antonio souza disse:

    meu caro amigo maneca pega leve com os amigos Henrique Castro e o Carlos André pois a resaca da derota ainda doi. agora para eles só restou aplaudir os proficonais pois o secretário ferro já mostrou que e competente continue assim sério e competente pois se voce não fosse competente não estaria encomodando a turma do contra alguen já viu qualquer pessoa atirar pedra em árvore que não tem frutos nunca, parabéns para o prefeito que os secretários já estão mostrando serviço.

  19. Pedro Lupion disse:

    André, que tal vc passar um cheque sem saldo. Vai ser tão legal pra sua conta.

  20. AGUARDEMMM!!!! disse:

    Isso mesmo Dr.Julio,
    começo muito bem,
    continuie assim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.