Prefeitura de Floresta consegue economizar quase R$ 3 milhões na compra de combustíveis

por Carlos Britto // 02 de setembro de 2022 às 17:42

Prefeitura de Floresta. (Foto: Divulgação)

Um trabalho realizado este ano pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), em parceria com a prefeitura de Floresta (Sertão de Itaparica), resultou em uma economia de R$ 2.878.047,75 na compra de combustíveis para o município. A aquisição, estimada em R$ 7.336.432,72, serviria para abastecer a frota de veículos da administração municipal. A relatoria é do conselheiro Marcos Loreto.

A auditoria, feita pela equipe técnica do TCE lotada na Inspetoria Regional de Arcoverde (Sertão do Moxotó), avaliou os editais dos Pregões Eletrônicos nº 001/2022 (R$ 1.965.022,08) e 01/2022 (R$ 5.371.410,64), publicados no dia 28 de março deste ano. A análise constatou que o valor do certame estava muito acima do histórico de gastos do município, correspondendo a 344,67% da despesa média anual entre 2017 e 2021, que foi de R$ 2.128.557,38. Apenas em relação ao gasto de 2021 (R$ 2.856.510,44), a superestimativa foi de 256,83%.

Os auditores do TCE afirmaram que a continuidade da licitação apresentava riscos de um superfaturamento que poderia chegar a R$ 5.207.875,34, por conta de problemas de sobrepreço e de quantidades acima das necessárias. A gestão municipal foi orientada a ajustar os valores e, acatando as sugestões do Tribunal, reduziu o preço máximo do certame para R$ 4.458.384,97, resultando na economia de R$ 2.878.047,75 para os cofres públicos da cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.