Prefeitura afirma que obra em imóvel no Centro de Petrolina onde parte da fachada desabou era feita “às escondidas”

15
Foto: divulgação

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) informou, por meio de nota, que uma equipe da Defesa Civil já realizou o isolamento da área onde ocorreu o desabamento de parte da fachada de um imóvel na Rua Antonio Santana Filho, no Centro da cidade.

De acordo com a Gerência de Fiscalização de Obras e Posturas da SEDURBH, a obra estava sendo realizada “às escondidas”, uma vez que foi mantida apenas a fachada do imóvel, que veio a desabar, enquanto o serviço era realizado a portas fechadas, o que impossibilitou que a SEDURBH tomasse conhecimento e fiscalizasse o empreendimento. A reportagem do Blog ainda não conseguiu um contato com o responsável pelo imóvel, onde funcionava uma loja de calçados.

A Defesa Civil constatou ainda que as edificações vizinhas não foram atingidas nem correm qualquer risco, ao mesmo tempo que o que restou da fachada do imóvel terá de ser demolido para evitar eventuais acidentes. Esse serviço deve ser realizado ainda hoje com a supervisão da Defesa Civil.

Além de responder a um processo administrativo que pode incorrer em multa, o responsável ainda será notificado sobre o embargo da obra e a impossibilidade de prosseguir com qualquer construção no local, até que todas as licenças necessárias sejam obtidas junto à prefeitura municipal. A SEDURBH reforça a importância do cidadão colaborar com o trabalho de fiscalização, denunciando qualquer obra que considerar estranha, suspeita ou fora dos padrões. Nestes casos basta ligar para a Ouvidoria Municipal no telefone 156.

Foto: Ascom PMP/SEDURBH divulgação

15 COMENTÁRIOS

  1. Rapaz todo mundo que passava ali via a obra, varios bota foras foram colocados lá!!! Aí vim com essa conversa mole que não sabia kkkkk é pra sorri isso aí é falta de fiscalização…

  2. Agora eu sei que lascou, quem era o dono era a prefeitura? Eu limpo o traseiro com alvará de obra. País para ter leis sem futuro. Claro os vagabundos estatais não podem ficar desempregados.

  3. Bom Dia!
    Agora depois que caiu a fachada que a prefeitura vem com essa “estória”, de que estava irregular. Essa obra era no centro da cidade. Porque a fiscalização não embargou? Aonde se encontrava os fiscais da prefeitura que não enxergaram o perigo que essa obra causava aos transeuntes? Então depois do ocorrido querer dar esse tipo de desculpa a população não aceita.

  4. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Isso mostra que o quanto esse tipo de construção recebe fiscalização, pq a obra quase em frente a prefeitura!
    Mais de 20 dias que a calçada estava interditada e ninguém da prefeitura viu, sinal que não trabalham ou ficam no conforto de suas salas e ar condicionado.
    No fim semana passada, uma caçamba e uma máquina retro escavadeira/carregadeira interditaram a rua para retirar entulhos, não colocaram sequer um cone pra avisar quem transitava em seus veículos; Eu tive que desviar pela rua dos correios por não conseguir passar por lá, devido os dois veículos não permitirem.

  5. É querer realmente DESDENHAR mesmo da inteligência das pessoas. Quer dizer que uma obra desse tamanho, em pleno centro da cidade, quase de frente da Prefeitura é chamada de CLANDESTINA e às ESCONDIDAS???? Seria mais bonito assumir a falha da fiscalização. E não só da Prefeitura. E o CREA, “cadê” nestas horas?????? Pela crise econômica, até a construção civil está meio parada, então nem tem tantas obras assim. Daria perfeitamente pra acompanhar. Essa obra, pelo menos pelas fotos divulgadas não tem nem a placa com o nome do responsável técnico (e seu registro no CREA), que é obrigatória em toda obra. A não ser que esteja também “ESCONDIDA”, mas pelas fotos que circulam nas redes sociais e blogs, eu não vi. Então essa desculpa da SEDURB não cola. Não podemos falar que alguém por trás que sabia disso tudo e fez vista grossa porque seria uma leviandade levantar essa suspeita sem provas, mas que é estranho, isso é. Acredito mais em falha de fiscalização mesmo. Basta ver que a Secretaria de (Des)Ordem Pública só funciona uma vez no ano. O centro da cidade já está cheio de novo de ambulantes nas calçadas da avenida Souza Filho, Rua Souza Jr., Travessa Souza Filho, Dom Vital, etc. eles tiram 1 vez no ano e esquecem dos demais meses, volta tudo de novo e fica por isso mesmo. Agora a SEDURB pelo visto é do mesmo jeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome