Marcones Libório: Otimismo com Câmara e com desenvolvimento de Salgueiro

3

Marcondes PrefeitoO prefeito de Salgueiro (PE), no Sertão Central, Marcones Libório (PSB), é um otimista convicto. Ele acredita que sua administração ainda tem caminhos para evoluir com a mesma intensidade em que acredita na eleição de sua amiga e correligionária Cleuza Pereira (PSB) para a Câmara Federal.

Em entrevista ao Blog ele também demonstrou confiança na eleição de Paulo Câmara e falou ainda sobre avanços e desafios para sua cidade. O prefeito revelou sua convicção de que que o desenvolvimento vai se fortalecer com a realização do sonho de implantar a ‘Universidade do Sertão’ em Salgueiro,  “que irá aumentar e fortalecer ainda mais o crescimento da cidade” segundo ele.

 Blog: Prefeito, em seis anos da sua administração, o senhor acha que está conseguindo superar os desafios? Ou existem coisas que estão paradas, travadas, atrapalhando?

Marcones Libório: Uma coisa é clara, não é questão só de Salgueiro, mas do Brasil todo que a necessidade do Pacto Federativo para mudar o desenho que está sendo colocado para os prefeitos, porque a responsabilidade veio, mas o dinheiro não chegou. Isso leva os prefeitos a terem uma demanda muito grande, mas uma capacidade de investimento muito pequena. Mas é importante a nossa visão de investimentos, porque a gente tem foco, principalmente na saúde, na educação, políticas básicas…nós temos avançado muito. É tanto que Salgueiro tem a melhor média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em todo o estado em relação a municípios com mais de 50 mil habitantes.

Blog: Salgueiro, de 10 anos para cá, teve um grande desenvolvimento. Isso afetou a economia? Exige mais do recurso público municipal?

Marcones: Afetou muito, e com isso nos trouxe o lado bom, porque o número de empregos aumentou. Antes nós tínhamos uma dificuldade muito grande, agora é bem menor. Porém temos um desafio, que é qualificar mão de obra para essas vagas de emprego. Por outro lado, com o desenvolvimento, nós tivemos alguns impactos negativos, como o aumento do trânsito que acarreta um maior número de acidentes na região. Apesar do lado negativo, hoje podemos dizer que antes nós exportávamos jovens para São Paulo, mas isso acabou depois do crescimento da cidade. E nossa grande luta na campanha, agora, é que seja criada a ‘Universidade do Sertão’ que beneficiará Salgueiro, Ouricuri, Araripina, e também se agregará ao Pajeú para consolidar essa força do desenvolvimento. Um bom exemplo é a cidade de Petrolina, que com toda a força da agricultura irrigada se fortaleceu ainda mais depois da implantação de universidades na região.

Blog: Sobre a candidatura de Paulo Câmara (PSB), o senhor acredita que é possível melhorar, virar esse jogo?

Marcones: De acordo com as pesquisas, elas mostram que a maioria do eleitorado ainda não está na agenda política. Se você procurar o cidadão comum, ele pouco sabe quem são os candidatos. Então a campanha em si começa agora, depois da Copa. O eleitor ainda não associou Paulo Câmara a Eduardo Campos. Eduardo terminou o governo dele com 90% de aceitação. Esse palanque ainda não está claro para os eleitores. E acredito que Câmara será vencedor.

Blog: O seu voto para deputado federal será em Cleuza Pereira (PSB). O senhor acredita que dona Creuza irá consolidar o nome dela? Existem pessoas que ainda acham que ela pode desistir.

Marcones: Não existe essa hipótese de desistência, Cleuza é uma mulher de luta, ela não entrou porque quis, ela foi convocada, representa segmentos politizados, da juventude, da mulher, da igreja, de lutas específicas. Não agredindo os demais, mas essa é uma candidatura diferente, pois é ética. Ela vem muito forte e será uma surpresa nessa eleição. Ela possui essa conjuntura de Sertão Central com Sertão do Araripe e consolida também uma base de votos razoável.

Blog: Qual a expectativa de votos, que o prefeito acha que pode dar a Dona Cleuza e a Roberta Arraes?

Marcones: Veja bem, a gente sempre foi um grupo, eu nunca tive esse voto individual. A candidata a deputada federal Cleuza Pereira é a líder maior desse grupo e ela por si só chega a 65% da preferência do eleitor de Salgueiro. Nós esperamos uma votação muito boa em nossa cidade para Creuza.

Blog: Qual o colégio eleitoral de Salgueiro, e esses 65% daria quantos votos?

Marcones: O colégio eleitoral de Salgueiro é próximo de 36 mil votos. acredito que vão votar nela 33 mil, que fica por volta de 30 mil votos válidos, totalizando entre 50% e 60% dos votos.

 Blog: O prefeito acha que é possível Dona Cleuza conseguir votos suficientes pelo resto do estado?

Marcones: Só no Sertão Central nós acreditamos que ela alcance 30 mil votos. Estamos articulando o Sertão do Araripe e em Petrolina, também que possui um bom colégio eleitoral. Ela é uma candidata que terá no mínimo 60 mil votos e será a primeira mulher a ser deputada federal pelo Sertão de Pernambuco.

 Blog: E Roberta Arraes, sua candidata a estadual?

Marcones: Roberta segue o mesmo contexto, e com esse ‘casamento’ entre Salgueiro e Araripina, acredito que Roberta também conquiste a eleição.

3 COMENTÁRIOS

  1. era bom que vc iguais as historias infantis quando um politico mentisse para seus eleitores o nariz almentasse de tamanho porque o dr.marcones nao daria nei para ele andar.e muito cinismo.

  2. Esse Prefeito está bom de voltar as aulas e aprender fazer conta,dos 14 vereadores de Salgueiro só 2 votam com a candidata dona Cleuza,o vice prefeito também não vota nela e aonde esse milagreiro vai arrumar os votos que disse aqui em salgueiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome