Prazo para reparo de boca de lobo expira e Compesa deixa moradores na bronca

0
Foto: Reprodução

Moradores da rua A1 do residencial Monsenhor Bernadino em Petrolina (PE) estão sendo obrigados a conviver com lama, lixo e fedentina há mais de 10 dias. Isso porque a Compesa não cumpriu o prazo para desentupir uma boca de lobo que estourou no local. Segundo os moradores, eles entraram em contato com a empresa assim que o problema começou, fizeram o registro e foi dado um prazo de 5 dias para resolver, que não foi cumprido.

Além do atraso, os moradores também dizem que ao entrarem novamente em contato com a Compesa para cobrar o serviço que não foi feito, a empresa pede para que eles façam uma nova solicitação. “Isso é um completo descaso, além de não cumprirem com o prazo que eles mesmos deram, ainda tratam a gente mal e nos deixam em uma situação terrível”, desabafou uma moradora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome