Pragas levam prejuízos a cultura de coco em Petrolina

por Carlos Britto // 22 de julho de 2013 às 14:29

coco com doençaCachos bonitos, pesados e com cocos cheios de água. Em uma plantação de dois hectares da variedade anão, Jailton de Souza chega a colher mais de 12 mil cocos por mês. A produção não é afetada pela seca, graças à irrigação feita com água do Rio São Francisco.

Apesar da qualidade dos frutos, os preços não estão bons. Nesta época do ano, eles costumam cair. Enquanto um coco no verão sai por até R$ 1,15, o preço no inverno não passa de 0,30 centavos. Além dos preços baixos, típicos da estação, os produtores de coco estão com outro grande problema: a incidência de pragas.

A dor-de-cabeça dos produtores são o ácaro rajado, que parte a casca do coco; a mosca branca do coqueiro, que muda a cor da palha; e a traça da inflorescência, conhecida popularmente como broca.

A plantação de Givanildo Vieira é uma das mais atingidas pela broca. Dos 1,5 mil coqueiros existente nos oito hectares de terra, todos estão contaminados.

De acordo com o agrônomo Pedro Ximenes, as pragas podem ser combatidas com a retirada das partes afetadas. O material deve ser queimado. No caso da mosca, ele diz que existem agrotóxicos que servem de repelente, mas são pouco eficazes. (Fonte: G1-PE/ Foto: reprodução TV Globo)

Pragas levam prejuízos a cultura de coco em Petrolina

  1. TENHO UM PE DE COCO ANÃO NA FLORADA NÃO DA MUITO COCO E .O POCO Q.DA FICA RAJADO E RACHA SECANDO ALGUNS E DE CONSUMO PROPIO O QUE FAZER

  2. CORREÇÃO ACIMA NO NOME, MARIO MENDES MUNDIN

  3. Gabriel disse:

    Prezado Produtor Rural

    Atendemos a clientes que desejam detalhar a fertilidade de sua lavoura,entre eles insumos agrícolas para lavouras de

    pequeno, médio e grande porte, além de realizar negócios entre revendas.

    Navegue por nosso site conheça a solução ideal para seu negócio.

    http://www.nanofertil.com.br

    * corretivo de acidez liquido.
    * cama de frango liquido.
    * adubação com Nanotecnologia
    * Oleo de Neem
    * Silicio (fungicida preventivo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *