Praça de alimentação será construída para barraqueiros expulsos da Avenida Sete de Setembro

4

odacy lossio e barraqueiros da 7 de setembroUma praça de alimentação será construída na Avenida Sete de Setembro, em Petrolina, para abrigar os barraqueiros que foram expulsos do local por recomendação do Dnit e porque estariam invadindo um terreno particular. A construção do espaço foi definida ontem (3), durante reunião entre o prefeito Júlio Lóssio (PMDB), o deputado estadual Odacy Amorim (PT) e uma comissão de barraqueiros.

Alguns barracos foram destruídos há cerca de 15 dias. Os barraqueiros atuavam na área há mais de 20 anos e ficaram de mãos atadas diante da decisão. “Os comerciantes me procuraram no dia que tiveram seus barracos derrubados. No momento, entrei em contato com o prefeito e fiz a sugestão. Hoje, ele disse que irá ceder a área para a construção da praça e garantiu que irá conversar com os bancos para financiar a implantação dos restaurantes”, informou Odacy.

A ideia é que a praça de alimentação possa ser urbanizada e oferecer um ambiente melhor a quem trabalha ou utiliza os serviços dos barraqueiros da Sete de Setembro. “A praça ficará em direção à UPAe e deverá ser outro importante ponto de comercialização na área da feira do Jardim Maravilha, que também fica perto do local”, explicou Odacy.

De acordo com o deputado, será feito um pedido ao Dnit para que os trabalhadores permaneçam no local até a estruturação do novo polo gastronômico. “Estou encaminhando um pedido ao Departamento propondo que deixe os comerciantes ficarem na área enquanto a prefeitura elabora o projeto. Vamos buscar os bancos para financiar os restaurantes e construir uma praça bonita, como existe hoje o Galinhodrómo e o Bodódromo”, disse. As informações são da assessoria do deputado.

4 COMENTÁRIOS

  1. Quem diria…

    Aquele em pé de boné preto e o sr. de camisa de botao branca eram os que mais criticavam o prefeito.. hoje estão ai puxando o saco dele…

    pobre de minha cidade!!!

  2. vocês no blog!!!!!!! que postaram essa mentira ,o DNIT não expulsou ninguém ,eles sim estavam em terreno de particular,mas foi sim derrubado uma parte que estava no terreno que não pertencia ao DNIT ou bem dizer a UNIÃO, e estão todos ocupando a quela área.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome