Povo Truká lança livro que fortalece e valoriza identidade indígena

0

povo trukáA tribo indígena Truká, com raízes no Sertão do São Francisco, passa a contar agora com um importante registro documental. Trata-se de um livro digital que foi lançado através do site do Centro de Cultura Luiz Freire.

A publicação reúne um importante registro simbólico e artístico desse povo. Produzido de forma independente, o livro é fruto do projeto “Arte, Saberes e Memórias do Povo Truká”, que aconteceu em Cabrobó e Orocó (ambos no sertão pernambucano).

A organização e a edição deste trabalho, que traz textos de autoria de artistas, lideranças, educadores e educadoras indígenas, foram feitas pela educadora Eliene Amorim e pelas antropólogas Lara Erendira de Andrade e Caroline Mendonça. O principal objetivo do projeto foi contribuir com o fortalecimento e a valorização da identidade Truká, através do registro do seu patrimônio material e simbólico.

O projeto

Intitulado “Arte, Saberes e Memórias do Povo Truká”, o livro surgiu da necessidade dos professores e lideranças do povo Truká em ampliar e qualificar a discussão coletiva sobre o ensino da arte, dos saberes e das memórias no currículo de suas escolas.

Foram realizadas algumas oficinas e pesquisas com os educadores durante os anos de 2014 e 2015. A produção de conteúdo nesses encontros foi tão importante que desaguou naturalmente no livro digital. A publicação reúne ricos conhecimentos sobre aspectos históricos, religiosos, culturais e artísticos na constituição do povo Truká.

A visão de mundo deles está permeada por ensinamentos do sagrado e pela história dos antepassados. A influência da população negra, camponesa e branca colonizadora também influencia a constituição da identidade dessa população, que atualmente possui cerca de 6 mil habitantes.

O projeto foi realizado com incentivo do Fundo Pernambucano de incentivo à Cultura (Funcultura-PE) da Fundarpe e teve coordenação da educadora Eliene Amorim e da antropóloga Lara Erendira de Andrade, junto com a Organização de Professoras Indígenas Truká (OPIT). Os interessados podem fazer o download gratuito do livro acessando aqui. (foto: Manuela Schillaci/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome