Potencial econômico do município de Pindobaçu vai além da produção de minérios e pedras preciosas

2
Técnicos da 6ª SR Codevasf visitam Pindobaçu. (Foto: Divulgação)

Conhecido pelo potencial econômico voltado para produção de minérios e pedras preciosas, o município de Pindobaçu, na região de Paulo Afonso, norte da Bahia, tem outras vocações econômicas que podem ser fomentadas. Para conhecer algumas iniciativas, o titular da 6ª Superintendência Regional (SR) da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) de Juazeiro, Elmo Nascimento, visitou a cidade recentemente.

Acompanhado de técnicos da 6ª SR, ele foi recebido por servidores municipais e integrantes de entidades representativas de produtores rurais. Na ocasião Elmo conheceu algumas iniciativas que já estão sendo realizadas na sede e interior do município nas áreas de artesanato mineral, agricultura familiar irrigada, piscicultura, apicultura e caprinovinocultura.

Diante do que estamos vendo, a Codevasf pode ser parceira desta comunidade e da prefeitura para poder desenvolver ainda mais toda esta região“, afirmou.

Nas comunidades por onde a comitiva passou, os moradores se mostraram estimulados com a oportunidade de mostrar o potencial produtivo e diversificado da região, bem como a possibilidade de participarem de ações para promover a geração de emprego e renda e outros benefícios oferecidos pela Companhia.

Apoio

Segundo o gerente regional de Gestão Estratégica da 6ª SR, Joselito Menezes, o órgão federal “poderá apoiar atividades econômicas que já estão sendo realizadas, além de implantar projetos estruturantes na área de abastecimento d’água, com o intuito de ampliar essas ações com base no potencial econômico já apresentado pelo município“.

A comitiva visitou ainda a Barragem de Ponto Novo, que abastece toda a região, e também manteve contato com piscicultores locais para analisar a viabilidade da atividade. A programação incluiu também uma visita a pequenos produtores familiares com o objetivo de conhecer os processos produtivos adotados por eles, principalmente no que se refere à irrigação.

Superintendente da Codevasf em Juazeiro visita Pindobaçu e conhece potencialidades. (Foto: Divulgação)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome